DEUS PROVADO INÚTIL

 

"Porque dirão os gentios: Onde está o seu Deus?
Mas o nosso Deus está nos céus; fez tudo o que lhe agradou.
Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens.
Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem.
Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram.
Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.
A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam.
Israel, confia no Senhor; ele é o seu auxílio e o seu escudo."
(Salmos 115:2-9)

Não sabiam eles que o deus deles não eram mais do que os deuses dos gentios. Prova disso é que os adoradores de "obra das mãos dos homens" os dominaram, massacraram, destruíram o templo deles, e, com certeza perguntaram mesmo "Onde está o seu Deus?".

 

Os babilônios, adoradores de Istar e muitos outros, massacraram os hebreus e destruíram o templo deles como prova de que o deus em que eles criam não era melhor do que os deuses deles.

Os medos e persas tinham também seus deuses, e os hebreus até assimilaram algumas de suas crenças, e o deus que eles adoravam nada fazia, já que não passava de "obra das mãos dos homens" como os dos outros povos.

Vieram os gregos, com seu panteão, fizeram o que quiseram, depois os seleucos, que quase os eliminaram, e o deus dito todo-poderoso dos hebreus de nada valeu.

Vieram os romanos, que não se preocupavam com as religiões dos súditos, mas, diante das revoltas judaicas, destruíram o templo de Yavé, depois os expulsaram da terra que eles pensavam ter sido dada a eles por esse deus, como mais uma prova de que ele não é o que os judeus pensam, mas eles nada perceberam.

Depois, os romanos tiveram a brilhante ideia de inventar o cristianismo, e novamente os judeus foram duramente maltratados em nome do próprio deus em que eles creem.
 

Não obstantes todas essas provas da inutilidade divina, o mundo até hoje ainda tem uma maioria acreditando nesse ser inútil maléfico.

 

Ver mais sobre a INUTILIDADE DIVINA

 

..

.