DIA DA AMAZÔNIA

5 de setembro


Dia da Amazônia é comemorado dia 5 de setembro e tem como função conscientizar toda a sociedade a respeito dessa importante riqueza natural.

No dia 5 de setembro, é comemorado o dia da Amazônia, um bioma que inclui a maior floresta tropical do planeta e, sem dúvidas, uma das maiores riquezas da humanidade. Esse bioma, que possui 4,196.943 milhões de km2 de floresta e abrange nove países (Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Paraguai, Peru, Suriname e Venezuela), apresenta 26% da sua área protegida em território brasileiro, porém, infelizmente, muitos ignoram essa proteção.

O dia da Amazônia surgiu como uma forma de chamar a atenção para esse bioma, e a data foi escolhida como forma de homenagear a criação da Província do Amazonas por D. Pedro II em 1850. Nessa data o objetivo principal é alertar a população sobre a destruição da floresta e de como podemos ter desenvolvimento sem que seja necessário acabar com essa importante fonte de biodiversidade.

Saiba mais: Desmatamento: causas, consequências e como conter
Desmatamento na Amazônia
O desmatamento na Amazônia afeta diretamente o equilíbrio do nosso planeta.
O desmatamento na Amazônia afeta diretamente o equilíbrio do nosso planeta.

A Amazônia sofre constantemente com o desmatamento, principalmente em decorrência do avanço das plantações de soja e da pecuária. Além disso, esse rico bioma também enfrenta a extração ilegal de madeira, a criação de grandes hidrelétricas e a mineração, problemas responsáveis pela destruição de grandes áreas da floresta. Nesse sentido, e de acordo com o Greenpeace, “entre agosto de 2017 e julho de 2018, foram derrubadas cerca de 1.185.000.000 (um bilhão, centro e oitenta e cinco milhões) de árvores”.

Apesar dessas atividades serem importantes para a economia brasileira, devemos lembrar que a exploração desenfreada pode destruir o bioma e causar sérias consequências para o planeta. Isso se deve ao fato de que a Amazônia possui um papel fundamental no equilíbrio ambiental da Terra e uma influência direta sobre o regime de chuvas de toda a América Latina.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Além disso, pesquisas indicam que a vegetação da Amazônia pode ajudar na diminuição do dióxido de carbono da atmosfera, uma vez que age absorvendo carbono. Outro ponto importante é que a destruição da floresta e a queima de biomassa estão relacionadas com a liberação de uma grande quantidade de dióxido de carbono. Sendo assim, o desmatamento da Amazônia pode influenciar as mudanças climáticas mundiais.

A Amazônia também é uma importante fonte de biodiversidade, sendo estimada a existência de cerca de 40 mil espécies de plantas diferentes, 400 mamíferos e 1300 aves. Nos rios amazônicos, que constituem a maior bacia hidrográfica do planeta, pode-se encontrar cerca de três mil espécies de peixes. Vale destacar também que a Amazônia abriga várias comunidades tradicionais que dependem diretamente da floresta para o seu sustento.

Diante da destruição desse bioma, diversas organizações criaram projetos que visam proteger e conscientizar a população a seu respeito. Duas instituições que merecem destaque pelo seu trabalho na região são a WWF-Brasil e o Greenpeace.
A onça-pintada é um dos animais encontrados na Amazônia.
A onça-pintada é um dos animais encontrados na Amazônia.

Leia também: Desmatamento na Amazônia
Curiosidades sobre a Amazônia
A vitória-régia é uma planta símbolo da Amazônia.
A vitória-régia é uma planta símbolo da Amazônia.

A Amazônia está presente em nove estados do nosso país: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, Tocantins e parte do Maranhão e do Mato Grosso.

A Amazônia é o maior bioma brasileiro, e a sua bacia hidrográfica é a maior do mundo.

A Amazônia corresponde a 49,29% do território brasileiro.

O rio Amazonas lança ao mar aproximadamente 175 milhões de litros de água por segundo.

A Amazônia é o lar de inúmeras espécies de animais e vegetais, sendo essas matérias-primas muito importantes, por exemplo, para a fabricação de medicamentos.

A vitória-régia (Victoria amazonica) é uma planta típica da região amazônica e destaca-se por ser uma das maiores plantas aquáticas do mundo. Uma única folha dela pode apresentar um diâmetro de mais de dois metros, e suas flores atingem até 33 cm.

Segundo o Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), na Amazônia são encontrados cerca de 30 milhões de espécies animais. O boto-cor-de-rosa, o peixe-boi-da-amazônia, a lontra neotropical, o sauim-de-coleira e a onça-pintada são alguns dos animais que podem ser encontrados em seu terrítório.

Titanus giganteus é uma espécie de inseto que se destaca pelo seu grande tamanho.
Titanus giganteus é uma espécie de inseto que se destaca pelo seu grande tamanho.

O Titanus giganteus é o maior besouro do planeta e pode ser encontrado na Amazônia. Esse inseto chega a apresentar cerca de 22 cm.

A Amazônia abriga uma grande quantidade de comunidades tradicionais.

Segundo o Greenpeace, a cada minuto uma área correspondente a dois campos de futebol da floresta amazônica brasileira é desmatada.

Leia também: A relação entre impactos ambientais e o surgimento de doenças


Por Ma. Vanessa dos Santos
<https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-da-amazonia.htm>


 

Ver mais COMEMORAÇÕES, FATOS E MITOS

 

..

.