DIÁLOGO COM DEUS

(Anticristo 2000)

 

- Senhor, pode me responder umas perguntinhas?

- Claro, sou onipotente e onisciente, sei o “fim desde o princípio” (Isaías, 46: 10), e já sei até tudo que você vai me perguntar.

- Por que o Senhor escreveu naquelas tábuas de pedras que deu a Moisés proibindo fazer imagens do que há “nas águas debaixo da Terra” (Deuteronômio, 5: 8), sendo que a Terra não fica em cima de água?

- Claro, filho, não fica agora. Antes era exatamente como está escrito. Fui eu que reformei o sistema no final da Idade Média. Você acha que, se a Terra não fosse plana em cima do mar, o Satã teria condições de mostrar “todos os reinos do mundo” para Jesus de cima daquele “monte”? (Mateus, 4: 8)

- Ah, Senhor, entendi, mas o Davi falou que o Sol caminha pelo céu “de uma extremidade... a outra” (Salmos, 19: 6), e isso não é verdade. Por que o Senhor o deixou enganado?

- Não; isso não é assim hoje, mas naquele tempo era. Não lembra que eu disse que fiz uma reforma astronômica? Antes a Terra era o centro, e o Sol ficava caminhando pelo céu para iluminá-la; e depois eu coloquei o Sol no centro, e todo mundo gostou. A igreja foi a única que demorou um pouco para entender a novidade, mas agora já está tudo resolvido.

- É, entendi. Mas eu gostaria também de saber por que, se o Senhor pode tudo, naquela época do dilúvio matou a humanidade inteira, não salvando nem as criancinhas, que não tinham nenhum pecado?

- Você é que pensa. Não ouviu dizer que filho de peixe é peixinho? EU, que sou onisciente, sei que todas elas já eram uns bandidos desde o ventre; não podiam ficar vivas.

- É... quem sou eu para questionar o todo-poderoso, não é? Mas, há uma outra coisa que não entendi: por que o Senhor matou todos os animais da Terra, salvando só um casal de cada, se eles não são pecadores? Ou eram?

- Ah, você é que não entende quase nada e fica querendo questionar o que eu faço. Você não pensou no desequilíbrio que haveria se eu deixasse milhares de cada espécie de animal quando os humanos eram só uma família? Eu destruí tudo assim como um caminho mais fácil para preservar o equilíbrio do meio ambiente.

- É, dá para entender. Mas quando ocorreu aquele terremoto que matou milhares de pessoas; por que morreram bons e maus juntos, e o Senhor não preservou os bons?

- Em primeiro lugar, você não tem capacidade como EU de saber quem é ruim e quem é bom. Em segundo, eu deixei que alguns bons morressem, porque se eles ficassem vivos, eles iriam sofrer muito durante a vida naquele lugar. Assim, eu os beneficiei evitando-lhes todo esse sofrimento.

- É, eu nem tinha pensado nisso...

- Você é um pobre de espírito mesmo. E ainda se acha à altura de achar que é errado o que eu faço.

- Me desculpe, Senhor, é que nós pecadores ficamos querendo saber das coisas...

- E você já leu o que aconteceu com o Adão mais a Eva por quererem conhecer o bem e o mal; não leu?

- É, senhor, mas... mas quero saber mais uma coisinha: aquela velhinha minha vizinha era tão religiosa, tão boa; ninguém tinha nada a reclamar dela; no meu pobre modo de ver, até parece que ela não cometia pecado, e ela sofreu tanto longos anos com aquele câncer nos pulmões, que se acumulara com um enfisema, e foi trágico o fim dela. Por que o Senhor deixou ela sofrer tanto assim?

- É, você não percebe as coisas mesmo! Aquela imbecil sabia que o tabaco faz mal, e tivemos que suportá-la vinte anos jogando aquela fumaça fedorenta no ar do ambiente de trabalho dos colegas. Você não sabe o quanto de sofrimento que ela causou. O jeito que tive para ela não infernizar mais a vida dos outros foi lhe dar um câncer pulmonar.

- É, estou começando a entender o que o povo diz, que o Senhor “escreve certo por linhas tortas”.

Mas eu tenho ainda uma pergunta: Senhor, Jesus, o seu filho, disse que um dia vai voltar aqui para buscar os seus amigos e levar para o reino do céu; mas antes disso as estrelas vão cair. Como isso seria possível, se as estrelas são tantas e cada uma delas, ainda que das menores, tem milhares de vezes o tamanho da Terra? Como se explica isso?

- Ih, você já esqueceu que eu disse que fiz uma reforma astronômica?! Além de dar uma arredondada na Terra e tirá-la do centro do universo, porque esse planeta cheio de gente ruim não merece isso, eu aumentei o tamanho das estrelas. Jesus disse aquilo antes de eu fazer essa reforma. Agora já não vão mais cair estrelas. Eu mudei tudo, porque não estava dando certo. Até falei para o Jesus não voltar, porque, se ele voltar, esses que estão contando um monte de mentira no nome dele serão capazes de querer crucificá-lo de novo para continuar enganando os pobres.

- Senhor, o Senhor falou através de um dos seus profetas “eu, o Senhor, não mudo” (Malaquias, 3: 6), e o Senhor fez tantas mudanças!

- Esqueça, filho! Isso é força de expressão. Eu disse isso só para aquele povo rebelde entender que eu cumpro o que prometo. Eu não preciso desse radicalismo todo. Eu sou o Senhor! “Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu sou o Senhor, que faço todas estas coisas” (Isaías, 45: 7).

- Ah! Eu que pensava que era o diabo, agora sei que é o Senhor que anda instigando o Bush e o Sadan a mandar matar aquele monte de gente, e ainda promete um punhado de virgens para os terroristas do Bin. Tudo é o Senhor mesmo que faz, não é? (Hum! Esse deus está... Ó não, é melhor eu não pensar nada. Dizem que ele sabe os nossos pensamentos; e ele já está meio bravo comigo... ).

Mas, Senhor, está escrito que nada acontece contra a sua vontade, que o Senhor sabe o fim desde o princípio, e o Senhor andou tendo que consertar um punhado de coisas que deram errado, e até se arrependeu de ter feito o homem ... (Gênesis, 6: 6). Isso não está, assim, meio contraditório?

- Cara, você está passando dos limites! Eu já estou arrependido é de ter aceito conversar com você. Eu vou é acionar o “raio que o parta”, e assim acabo com isso.

- Trrrraaaaaaaaaaaaaa.......


Ai, meu Jesus! Me vale......

Ahhhhhh! Ainda bem que foi um sonho! Eu achei que agora estava fulminado!
 

Ver mais HUMOR RELIGIOSO

 

..

.