EU TE MAMO MEU BRASIL
 

"As praias do Brasil ensolaradas,
O chão onde o país se elevou,
A mão de Deus abençoou,
Mulher que nasce aqui tem muito mais amor.

O céu do meu Brasil tem mais estrelas.
O sol do meu país, mais esplendor.
A mão de Deus abençoou,
Em terras brasileiras vou plantar amor.

Eu te amo, meu Brasil, eu te amo!
Meu coração é verde, amarelo, branco, azul anil.
Eu te amo, meu Brasil, eu te amo!
Ninguém segura a juventude do Brasil.

As tardes do Brasil são mais douradas.
Mulatas brotam cheias de calor.
A mão de Deus abençoou,
Eu vou ficar aqui, porque existe amor.

No carnaval, os gringos querem vê-las,
No colossal desfile multicor.
A mão de Deus abençoou,
Em terras brasileiras vou plantar amor.

Adoro meu Brasil de madrugada,
Nas horas que estou com meu amor.
A mão de Deus abençoou,
A minha amada vai comigo aonde eu for.

As noites do Brasil tem mais beleza.
A hora chora de tristeza e dor,
Porque a natureza sopra
E ela vai-se embora, enquanto eu planto amor."
As câmaras do Brasil avacalhadas,
O chão onde o país se afundou,
A mão dele amaciou,
Melhor que isso aqui ainda não se achou.

Os juros do meu Brasil estão nas estrelas,
O leão do meu país, com mais furor.
A mão dele arrecadou,
Enterra os brasileiros e dá ao exterior.

Eu te mamo, meu Brasil, eu te mamo!
Meu mensalão é verde, amarelo, branco, azul anil.
Eu te mamo, meu Brasil, eu te mamo!
Ninguém segura o come-tudo do Brasil.

As fraudes no Brasil elaboradas,
Mamatas a deputado e senador.
A mão dele amealhou,
Eu vou ficar aqui, para fazer amor.

É um carnaval para gringos não verem,
Um colossal despiste multicor.
A mão dele já abafou,
Em festas brasileiras, vou fazer amor.

Adoro meu Brasil de madrugada
E nas horas que sou transportador.
A mão dele me ajudou,
A minha mala vai comigo aonde eu for.

As noites do Brasil têm mais moleza.
O povo chora de tristeza e dor,
Porque a esperteza corta
E a grana vai embora, enquanto eu faço amor.


 


Ver mais POESIA

..