.

.

EM UMA MANHÃ BEM FRIA -- 17/10/2003 -

Hoje levantei-me pouco depois das 06:00h, comi uma fruta e fui fazer minha corrida.

Estava bem frio. Ao chegar a uma praça, cujo nome não lembro, o termômetro estava marcando 13 graus. Apesar da dificuldade atual de memorizar, foi fácil reter esse número, por ser ele o número da sorte e do azar, os dois extremos do acaso.

Como aqui em BH eu nunca havia saído pela rua a uma temperatura de 13 graus, eu até aproveitei aquele friozinho para correr por um pouco de tempo a mais.

Enquanto corria, comecei a recordar meus dias de infância, quando eu corria pelas montanhas entre uma serração que me permitia ver no máximo dez metros em qualquer direção que olhasse. Era bem mais frio do que aqui; mas não sei a que grau descia a temperatura, porque naquele tempo eu nem sabia da existência do termômetro.


Ver mais
CONTOS E CRÔNICAS

..