MERLA

O que é merla?

A mistura de ácido sulfúrico, querosene e e cal virgem as folhas de coca resultam na merla. O produto, de consistência pastosa e com concentração de 40% a 70% de cocaína, pode ser fumado puro ou misturado ao tabaco comum ou à maconha.

Fumar a pasta de folhas de coca era um vício, praticamente, desconhecido  na América do Sul antes dos anos 1970. Em meados daquela década, a merla começava a ganhar popularidade no Peru e espalhou-se para os outros países produtores. Inicialmente, essa pasta básica era chamada nos países andinos de bazuco, evocando a natureza da mistura (alcalina) e a potência de seus efeitos psicotrópicos (bazuca).  Nos Estados Unidos, a droga foi usada pela primeira vez, em 1974 em uma comunidade restrita da Califórnia.

Vale ressaltar que a merla é uma droga altamente perigosa, que causa dependência física e psíquica.  Os danos provocados por ela podem ser irreversíveis, visto que sua absorção pela mucosa pulmonar é grande  e os efeitos no sistema nervoso central são excitantes.  A droga também causa euforia, aumento de energia, diminuição da fadiga, do sono e do apetite.  Os sintomas mais freqüentes são perda de peso e a psicose tóxica, isto é, alucinações delírios e confusão mental.  Devido aos resíduos dos ácidos solventes, foram constatados casos de fibrose pulmonar (endurecimento dos pulmões) entre os usuários.  (Mundo em Foco, março/2009, pág. 31).


Ver mais DROGAS

Para abrir em nova janela, mantendo esta página aberta, pressione SHIFT ao clicar no link.

- -

BUSCA
Google

PROCURE NA CAIXA ABAIXO