MISS UNIVERSO – ISSO ESTÁ CERTO? -- 08/06/2007

 

Há poucos dias, 28 de maio, a nossa miss ficou no segundo lugar no concurso Miss Universo 2007, ficando o título para a japonesa Riyo More. Miss Universo...! Isso está certo?

 

 

Não, não é o que você deve estar pensando. Não estou questionando se está certo a japonesa vencer o concurso e a nossa Natália ficar no segundo lugar. O que parece não estar correto é o termo “miss universo”.

Quando dizemos o universo, estamos nos referindo, não ao globo terrestre, mas a um conjunto que abrange um incontável número de galáxias, que contêm um também incontável número de sistemas planetários como o nosso sistema solar.

Quando a Natália venceu o concurso em nosso Estado, ela se tornou miss Minas Gerais; quando venceu o concurso em nível nacional, tornou-se miss Brasil. Depois concorreu com mulheres de vários lugares do nosso planeta. Sabemos que lá não esteve nenhuma mulher vinda de algum outro planeta. No entanto chamam o concurso de miss universo. Temos certeza de que não existe mulher em nenhum outro planeta do sistema solar. Entretanto, embora nunca se tenha encontrado, há grandes probabilidades de haver vida inteligente em algum planeta em algum ponto do universo, que talvez esteja a uma distância impossível de se detectar daqui.

Na hipótese, muito pouco provável, de um dia uma brasileira ou uma japonesa concorrer com uma fêmea que viva em outra galáxia, até teríamos verdadeiramente um concurso “miss universo”. Mas esse que vemos todos os anos por aí parece estar com o nome meio impróprio.

Um pouco sobre NATÁLIA GUIMARÃES


Ver mais CONTOS E CRÔNICAS

 

..

.