NÃO HOUVE DITADURA?

 

Existem ainda hoje pessoas que dizem que no Brasil não houve ditadura. Por que não?

 

A definição de "ditadura" no dicionário Michaelis é:

"1 Governo autoritário, unipessoal ou colegiado, caracterizado pela tomada do poder político, com o apoio das Forças Armadas, em desrespeito às leis em vigor, com a consequente subordinação dos órgãos legislativos e judiciários, a suspensão das eleições e do estado de direito, com medidas controladoras da liberdade individual, repressão da livre expressão, censura da imprensa e ausência de regras transparentes em relação ao processo de sucessão governamental."

 

Em 1964, houve:

1- a "tomada do poder", "com apoio das forças armadas", com a agravante de o poder ficar com os chefes das próprias forças armadas. 

2- a "subordinação dos órgãos legislativos e judiciários", como se confirma pela legislação por decretos leis de autoria do poder executivo. 

3- "a suspensão das eleições": Castelo Branco, Garrastazu Médici, Ernesto Geisel e João Batista Figueiredo não foram escolhidos pelo povo, mas empossados um após outro por iniciativa do poder executivo, ao qual os outros poderes estavam subordinados.

4- "medidas controladoras da liberdade individual, repressão da livre expressão, censura da imprensa e ausência de regras transparentes em relação ao processo de sucessão governamental."   Os jornais e a TVs tinham suas matérias examinadas por agentes do poder antes de serem divulgadas, e quaisquer grupos que aparecessem falando em público eram reprimidos.   Desnecessário falar sobre as pessoas desaparecidas.

 

Se o poder foi tomado com uma intervenção militar, foi excluído o voto popular, o poder foi concentrado nas mãos do chefe do executivo, a imprensa foi amordaçada, e eram reprimidas manifestações públicas, o que faltou aí de uma ditadura?

 

Ver mais POLÍTICA BRASILEIRA

 

..

.