NOVA CLASSE MÉDIA BRASILEIRA

 

Por que cresceu a classe média no Brasil?  Não será que a média caiu?

 

Segunda-feira, 8 de agosto de 2011 às 9:44
Governo traça perfil da nova classe média brasileira

 

Pela primeira vez no Brasil, a classe C corresponde a mais da metade da população. Hoje, 95 milhões de pessoas fazem parte dessa camada social, com renda mensal familiar entre R$ 1 mil e R$ 4 mil. Isso significa que o perfil socioeconômico do país mudou. Nos últimos sete anos, a chamada nova classe média – composta, sobretudo, por jovens com emprego formal, alto potencial de consumo e características heterogêneas – teve um aumento superior a 40% em sua renda familiar, o que permitiu maior poder de compra, acesso à tecnologia e ingresso em faculdades, por exemplo.

Na última década, 31 milhões de pessoas entraram na classe média brasileira, resultado das políticas de proteção social, da retomada do crescimento econômico inclusivo, da expansão do emprego e do acesso ao crédito, assim como do aumento no grau de escolarização da sociedade. Os dados, da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), mostram que esse desenho atual exige a implementação de ações de governo específicas, voltadas para esse segmento."

http://blog.planalto.gov.br/ao-vivo-seminario-politicas-publicas-para-uma-nova-classe-media/

 

Ouvindo essa notícia pelo rádio, não consegui deixar de pensar um pouco sobre isso:

 

"... renda familiar de 1 mil reais" já dá o direito de ser chamado de classe média.  Mas, "... ingresso em faculdades"!!!.   Se uma mensalidade de um curso superior hoje está acima de "mil reais", temos uma classe média cuja grande maioria não tem oportunidade de chegar a uma faculdade, uma vez que toda a renda da família não dá nem para pagar uma mensalidade.

 

O chamado aumento da classe média não é mais do que o seu rebaixamento.   A nossa classe média está é cada vez mais baixa!

 

Ver mais  ECONOMIA E POLÍTICA

 

..

.