OS SANTOS E AS FERAS

 

Estórias de homens santos que controlam os carnívoros e os tornam vegetarianos são antigas entre os mitos religiosos.  Mas um leão sobreviver alimentando-se de vegetais ninguém jamais verá.

 

"SAO FRANCISCO E O LOBO DE GUBIO

Gúbio, uma cidade na Úmbria, estava tomada de grande medo. Na floresta da região vivia um grande lobo, terrível e feroz, o qual não somente devorava os animais como os homens, de modo que todos do povoado estavam apavorados!

E todos andavam armados quando saíam da cidade, como se fossem para um combate. Por isso, cercaram a cidade com altas muralhas e reforçaram as portas.

Certa vez, quando Francisco chegou naquela cidade, estranhou muito o medo do povo. Percebeu que a culpa não podia ser unicamente do lobo. Havia no fundo dos corações uma outra causa que era tão destrutiva como parecia ser a causa do lobo.
5. Nura Slides Logo, Francisco ofereceu-se para ajudar. Resolveu sair ao encontro do lobo, sozinho e desarmado, mas cheio de simpatia e benevolência pelo animal, e como dizia às pessoas, na força da “C ruz” .
6. O perigoso lobo, de fato, foi ao encontro de Francisco, raivoso e de boca aberta pronto para devorá-lo!
7. Nura Slides Mas quando o lobo percebeu as boas intenções de Francisco e ouviu como este se dirigia a ele como a um “ irmão”, cessou de correr e ficou muito surpreendido.
8. As boas vibrações de Francisco de Assis anularam a vilolência que havia no “irmãozinho” lobo. De olhos arregalados, viu que esse homem o olhava com bondade.
9. Francisco então falou para o lobo: "Irmãozinho Lobo”, quero somente conversar com você, “ meu irmão” ... E caso você esteja me entendendo, levante, por favor, a sua patinha para mim!
10. O “irmãozinho lobo”, então, perante " tão forte vibração de amor e carinho ", perdeu toda a sua maldade. Levantou confiante, a pata da frente, e calmamente a pôs na mão aberta de Francisco. .
11. Nura Slides Então, Francisco disse-lhe amorosamente: Você por sua vez, também será amigo de todas as pessoas desta cidade, pois de agora em diante você terá uma casa, comida e carinho, sendo assim, não precisará mais matar nem agredir ninguém, para sobreviver..." Querido “ irmãozinho lobo”, vou fazer um trato com você! De hoje em diante, vou cuidar de você meu irmão! Você vai morar em minha casa, vou lhe dar comida e você irá sempre me acompanhar e seremos sempre amigos!
12. Com a promessa de nunca mais lesar nem homem nem animal, foi o lobo com Francisco até a cidade. Também o povo da cidade abandonou sua raiva e começou a chamar o lobo de "irmão". Prometeram dar-lhe cada dia o alimento necessário.
13. Finalmente, o “irmão lobo” morreu de velhice, pelo que, todos da cidade tiveram grande pesar. Ainda hoje se mostra em Gúbio, um sarcófago feito de pedra, no qual os ossos do lobo estão depositados e guardados com grande carinho e respeito durante séculos."
(RETIRADO DO SITE: http://www.nuraferretsilveira.hpg.com.br/franciscodeassis.html)

 

A Bíblia também traz coisa parecida.  Dizem as escrituras sagradas hebraicas que um judeu chamado Daniel foi lançado na cova dos leões e os animais não lhe causaram mal algum (Daniel, 6: 1-28).

 

E, devido a estórias como essas, até hoje há alguns malucos que, acreditando nisso, são capazes de arriscar a própria vida.  Em 2004, um taiwanês quase virou alimento de leões com essa ilusão.

 

Lobos e leões só sobrevivem se comerem carne.  Essa milenar promessa de que "o leão comerá palha como o boi" (*) não passa de conversa para boi dormir.

 

Ver COMO SE FORMAM OS MILAGRES

 

(*) Isaias, 11:7; 65:25.

 

Ver mais sobre

 

..

.