O PATO AMARELO BEM PAGO

 

Brasil: O Pato do protesto tem um significado


O pato amerelo gigante insuflável "invadiu" as manifestações no Brasil
 

Um pato gigante insuflável tem sido o protagonista das manifestações de protesto contra o governo Dilma e a nomeação de Lula para ministro.
O pato "invadiu" as manifestações no Brasil
© Paulo Whitaker / REUTERS
PorJosé Milheiro
18 Março, 2016 • 09:48

O pato é o símbolo do protesto desde o princípio do ano, altura em que foi utilizado pela Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), que colocou na Esplanada dos Ministérios um pato insuflável de 12 metros.

A campanha, intitulada "Não vou pagar o pato", visava lutar contra o aumento dos impostos. No espelho de água do Congresso foram colocados vários patos pequenos e um gigante. Desde essa altura que o balão em forma de pato gigante é um elemento presente em todos os protestos da sociedade civil brasileira.

No Brasil a expressão "pagar o pato" relacionada com o pagamento de impostos ao Estado deriva de uma antiga expressão portuguesa que significa "fazer o papel de tolo", ao pagar por aquilo que não se deve.

A expressão é proveniente de um jogo que era praticado em Portugal. Um "desporto" onde os participantes, a cavalo, tinham que arrancar com um só golpe um pato amarrado a um poste. Quem perdia o desafio tinha que pagar o pato. Dessa forma, a expressão passou para o "brasileiro" a fim de caracterizar algo que se paga mas pelo qual não se obtém qualquer benefício.

<https://www.tsf.pt/internacional/brasil-o-pato-do-protesto-tem-um-significado-5083572.html>

 

Não pagaram o pato? Além dos impostos adicionais sobre os combustíveis vindos após a deposição de Dilma, os sucessivos aumentos com Temer e depois com Bolsonaro, com todos os seus efeitos sobre outros bens e serviços agravando o custo de vida, superam todos os patos da história.

 

Ver mais POLÍTICA BRASILEIRA

 

..

.