A PAZ DAS RELIGIÕES

 

Religiosos falam de paz, mas seu relacionamento é pura guerra.   Cada grupo quer impor seus próprios princípios aos outros. Vejam as seis notícias que encontrei num mesmo lugar no mesmo dia, 22/02/2013, sobre relacionamento dos religiosos, compare com paz prometida nas escrituras sagradas judaicas, e tire conclusões se religião pode trazer paz.

 

Imigrantes egípcios cristãos são mortos e decapitados nos Estados Unidos

Aitolá iraquiano afirma que futuro de cristãos no país é conversão ao islamismo ou a morte

Sobre perseguição religiosa, especialista afirma que “primavera árabe tornou-se inverno cristão”

Extremistas islâmicos espalham tensão na Nigéria; Em 2013, ao menos 23 cristãos já foram mortos no país

Um cristão foi assassinado a cada cinco minutos em 2012, afirma especialista em liberdade religiosa

 Pastor Terry Jones e outros sete cristãos são condenados à morte por tribunal egípcio

 

E qual o motivo de tanta beligerância?  A resposta é simples: Religiosos só admitem uma coisa: que o mundo todo obedeça o que eles acreditam ser vontade do deus delesOs deuses dos outros são falsos, e os adoradores de deuses falsos devem ser eliminados.

 

A paz para os judeus seria assim: o reino eterno de paz previsto pelos profeta judeus, tanto o que deveria vir depois da queda da Assíria (Miquéias, 5: 2-15), quanto o que deveria ser estabelecido após a queda de Babilônia (Isaías, 65: 17-25), e o que viria após a vitória de Judas Macabeu (Daniel, 8 a 12), assim como o que eles devem estar esperando até hoje, seria o mundo inteiro adorando Yavé e obedecendo todos os ritos de sua lei, e "vingança sobre as nações que não obedeceram. (Miquéias, 5: 2-15).   Quanto ao Cristianismo, temos a Idade Média como exemplo, e, quanto ao Islamismo, vemos o que ocorre hoje em países onde a lei é islâmica, como mostram as seis manchetes acima encontradas em uma site de notícias em um só dia. 

 

Religiosos não suportam as diferenças. Quando uma religião assume o poder, quaisquer costumes diferentes dos praticados pelos adeptos dessa religião viram abominações e são combatidos com toda a violência possível. Onde há religião comandando o direito, jamais haverá paz, a não ser que a imposição rígida de ritos e costumes de uma religião a todas as populações possa ser chamada de paz.

 

Ver mais  RELACIONAMENTO RELIGIOSO

 

..

.