.

.

PEDERASTIA - PRESENTE DE GREGO -- 21/03/2003 -

Se seu professor for grego, cuidado! Ele poderá ter um modo muito estranho de lhe passar os conhecimentos.

Na Grécia antiga, as relações homossexuais eram praxe entre os mestres e seus discípulos, segundo artigo que li ano passado.  Afirma a revista que os mestres penetravam seus discípulos, afirmando que assim estavam lhes passando virtudes e sabedoria. O mestre era chamado de “erastes”, donde surgiu o nome “pederastia”.  “Pedo” significa criança.

A revista informa que o romanos não queriam saber de receber virtude dessa forma: afirmavam que ser penetrado era “muliebria pati” (coisa de mulher).

Mas um outro artigo de outra revista afirma que o homossexualismo existia também entre os romanos. Só que um superior não podia ser passivo com seu subalterno.  Ao final, tinha certa semelhança: entre os filósofos gregos também eram os discípulos que entravam na vara do mestre.

Temos aí mais um “presente de grego”

Ver mais CONHECIMENTOS GERAIS

..