PIADAS DE POLÍTICOS

 

Comício na Reserva Indígena
Dizem que um famoso político estava fazendo um comício numa tribo indígena.
— Se eu for reeleito, vou fazer com que sejam preservadas as Reservas Indígenas!
— Huzzanga! — gritavam os selvagens.
— Se eu for reeleito, os índios vão ter direito a saúde gratuita!
— Huzzanga!
— Se eu for reeleito, os índios vão ser muito mais respeitados!
— Huzzanga!
Assim que encerrou o discurso, pediu para ter uma audiência em particular com o Chefe da Tribo e foi conduzido por um indiozinho bastante jovem.
— Vamos por aqui, senhor. — aconselha o guia. — Esse caminho é menos acidentado. Mas tome cuidado para não pisar na huzzanga das vacas.

Político Corrupto
Aquele político velho de guerra estava sendo julgado por corrupção.
Enquanto transcorria o julgamento, ele aguardava em sua casa nervosamente. De repente, toca o telefone e o advogado encarregado da sua defesa, diz, sem esconder a euforia:
— Doutor, finalmente a justiça foi feita!
— Não se preocupe! Nós vamos apelar! — emenda o safado.

Político Famoso
Numa festa, a madame é apresentada a um eminente político.
— Muito prazer! — diz ele.
— O prazer é meu! Saiba que já ouvi muito falar do senhor!
— É possível, minha senhora, mas ninguém tem provas!

Decisão Importante
Um político encontra com um amigo, também político.
— Quero te comunicar que hoje eu decidi tomar uma das mais importantes decisões da minha vida.
— O que foi?
— Vou me separar!
— Acho uma boa decisão! A sua mulher realmente é uma vagabunda. E todo mundo aqui da Assembléia já dormiu com ela.
— Er, mas eu estava pretendendo me separar do partido...

Político na Cadeia
Um político renomado, ladrão notório, finalmente vai preso.
Ainda não era condenação, mas havia a acusação de que ele vinha coagindo testemunhas e o Ministério Público mandou-o para o xadrez.
Junto com o filho bandido, aliás.
Nessa história, que é fictícia, o velho político passa mal do coração. É levado às pressas pra um hospital e depois de todos os exames, o médico explica pra ele, com ar grave:
— Não chegou a ser um enfarto, mas o quadro é preocupante. Terei que fazer no senhor uma ponte de safena.
O político olha pra um lado, olha pro outro, puxa o médico pelo colarinho e diz baixinho no ouvido dele:
— Uma ponte não, doutor... Faça logo três, superfaturadas: uma pra mim, uma pro meu filho e a terceira o senhor divide com sua equipe.

Sabemos que em Brasília eles fazem piadas melhores, mas essas daqui até que dão pro gasto, né?
 

Ver mais HUMOR

BUSCA
Google

PROCURE NA CAIXA ABAIXO