QUE BOLSONARO NÃO CONSIGA

(01/01/2019)

 

Não desejo mal ao Bolsonaro nem que ele deixei o nosso país em situação pior do que ficou com Temer.

Só desejo que ele

Não consiga fazer uma reforma da Previdência que prejudique muitos os trabalhadores;

Não consiga reduzir os direitos trabalhistas;

Não consiga fechar a Justiça do Trabalho;

Não consiga flexibilizar as leis ambientais e nem liberar uso de ainda mais agrotóxico na nossa comida;

Não consiga acabar com as reservas indígenas e quilombolas, e que nem doe essas terras aos latifundiários;

Não consiga entregar a Amazônia para o agronegócio e mineradoras nacionais nem estrangeiras;

Não consiga acabar com os direitos sociais conquistados;

Não consiga impor mordaça nas escolas nem oprimir professores;

Não consiga implantar ensino a distância no ensino fundamental e médio;

Não acabe com o serviço público gratuito;

Não consiga privatizar a Petrobras, nem entregar o Pré-Sal, a EMBRAER, nem os bancos públicos e os correios.

Não consiga liberar a caça esportiva de nenhum animal;

Não implante a "bolsa-estupro", nem tire o direito da vítima de abortar o fruto da violência cruel que sofreu;

Não consiga retirar direitos das minorias;

Não dê mais poder e subsídio às igrejas;

Não implante uma ditadura para impedir que o povo lute pelos seus direitos.

 

Enfim, se ele não conseguir realizar as promessas nocivas, poderemos ter um 2019 mais feliz e os anos seguintes poderão ser melhores.

 

O QUE JÁ TEM CONSEGUIDO

 

31/04/2019 - Já que Temer acabara com o programa "Farmácia Popular", Bolsonaro dá mais uma mãozinha, autorizando aumento dos preços dos medicamentos acima da inflação ("O governo federal autorizou um reajuste de até 4,33% no preço dos produtos para 2019. Acima da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que acumula de março do ano passado até fevereiro deste ano 3,89%." - https://horadopovo.org.br/precos-dos-remedios-sobem-acima-da-inflacao/)

 

MENOS CIÊNCIA E TECNOLOGIA

"No início deste mês, Bolsonaro anunciou que o orçamento do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação seria cortado pela metade e que os programas de bolsas para o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, chamados CNPq, a principal agência de pesquisa científica do Brasil, seriam cortadas também.

O orçamento do CNPq, que sustenta as bolsas de 80 mil brasileiros, já havia sido drasticamente reduzido no começo deste ano, pouco depois da posse de Bolsonaro."
<https://www.nationalgeographicbrasil.com/meio-ambiente/2019/04/brasil-reduz-financiamento-cientistas-ciencia-pesquisa-pesquisador-universidade-publica-bolsonaro-governo-usp-unb-educacao>

 

 

DESMONTE DA NOSSA PETROLEIRA

Nesse pouco tempo de governo, já decidiu desfalcar a produção da Petrobrás em mais de "1,1 milhão de barris de petróleo por dia".

 

15 de abril de 2019

"O governo federal entregou ao Congresso Nacional no dia 15 sua proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020. O projeto, escrito pelo Ministério da Economia, acaba com o aumento real no salário mínimo. A LDO de Bolsonaro também não prevê a realização de concursos públicos, além de prever um déficit de R$ 124,1 bilhões."
<http://www.andes.org.br/conteudos/noticia/orcamento-de-2020-preve-fim-do-aumento-real-no-salario-minimo1>

 

26 de abril de 2019

Bolsonaro decreta fim das faculdades de Filosofia e Sociologia: “Objetivo é focar em áreas que gerem retorno imediato”

Enquanto os filhos - e ele próprio - são doutrinados pelo "filósofo" Olavo de Carvalho, Bolsonaro decreta fim dos estudos de humanas alegando que a educação deve servir para ensinar "leitura, escrita e a fazer conta e depois um ofício que gere renda para a pessoa"
<https://www.revistaforum.com.br/bolsonaro-decreta-fim-das-faculdades-de-filosofia-e-sociologia-objetivo-e-focar-em-areas-que-gerem-retorno-imediato/>

 

 

 

Ver mais POLÍTICA BRASILEIRA

 

..

.