SALÁRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS E CONCURSO

 

Vanessa Portugal: "É preciso recuperar o salário dos servidores"
Por Roberta Campos - roberta.campos@folhadirigida.com.br
 

Candidata à Prefeitura de Belo Horizonte pelo Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), Vanessa Portugal tem como um dos principais objetivos de sua campanha acabar com a terceirização e instituir concursos públicos para todas as carreiras. Segundo Vanessa, o município gasta boa parte da sua arrecadação com os grandes empresários, através de contratos de terceirização, e faltam recursos na Saúde, Educação, transportes e moradia. "Nós do PSTU queremos governar a cidade para que os trabalhadores possam ter os seus direitos garantidos. Os servidores de Belo Horizonte tiveram uma perda salarial muito grande nos últimos 18 anos, é preciso recuperar o salário e também investir na carreira desses profissionais, que são precárias. Isso faz com que a rotatividade no serviço público do município seja muito alta em algumas categorias", afirma.

A candidata garante que em seu governo a contratação se dará única e exclusivamente por concurso público. "Toda vez que algum concurso vencer ou quando não tiver mais nenhum concursado no banco de reservas, será preciso abrir outro. De quatro em quatro anos haverá seleções para todas as áreas", explica. A estabilidade conquistada através do regime de contração estatutário, é outro ponto defendido pela candidata do PSTU. "A estabilidade no emprego é uma garantia de eficiência, é a continuidade do serviço do trabalhador. Os governos passam, mas o servidor público fica, e é ele quem conhece a realidade da cidade e as necessidades da comunidade".

A falta de professores nas escolas da rede municipal de Belo Horizonte é um agravante da má qualidade da Educação no município. Vanessa Portugal diz que o principal motivo dessa carência, não é a falta de interesse dos profissionais em dar aulas, e sim uma questão de política de vontade pública. "Existe um número muito grande de professores retirados de dentro das escolas para ocupar cargos na Secretaria de Educação e nas regionais. Mais ou menos 10% dos cargos que existem hoje, são ocupados fora das salas de aula. Na rede municipal faltam servidores porque existe uma política da prefeitura de retirar os professores da sala de aula."

Com relação à necessidade de reforço da Segurança nos grandes eventos que estão por vir, como a Copa do Mundo e a Copa das Confederações, a candidata destaca a importância da desmilitarização da Guarda Municipal. "Embora no estatuto, a Guarda Municipal não seja um braço militar, a sua forma de funcionamento é completamente militarizada. Há uma ausência completa de democracia na organização interna dos trabalhadores. Para que ela seja desmilitariza, humanizada, é preciso que ela tenha como função o cuidado com as pessoas e a segurança do patrimônio público. E é claro, sob esse aspecto, é preciso garantir carreira para os guardas municipais e ampliar o número de trabalhadores", finaliza.

http://www.folhadirigida.com.br/fd/Satellite/concursos/noticias-Belo-Horizonte-Eleicoes-2012-2000025468600/Vanessa-Portugal-E-preciso-recuperar-o-salario-dos-servidores-2000025483069-1400002102880

 

Será que, se chegar lá, Vanessa não irá mudar de idéia?  Em meus quase trinta anos de serviço público, sempre ouço candidatos falar das injustiças contra os servidores públicos e, após chegar ao poder, todos têm mudado de idéia e passado a jogar no servidor público a culpa do que fazem os maus administradores.   E recuperação de salários?  Até hoje, o único que tratou os servidores públicos como os demais trabalhadores foi o ex-presidente Sarney. Ele dava aos servidores os mesmos reajustes dados aos trabalhadores das empresas privadas. Os demais sempre acharam que servidores públicos devem pagar pelos males do país, deixando de repor suas perdas, sob a alegação de não ter dinheiro para dar os devidos reajustes. 

 

Ver A DECEPÇÃO ELEITORAL

 

Ver mais POLÍTICA BRASILEIRA

 

..

.