SEDE E CEDE

 

Sede e cede são parônimos, ou seja, possuem escrita e/ou pronúncia semelhantes, mas significados diferentes.

SEDE, enquanto substantivo, indica principalmente a vontade de beber. Enquanto verbo (sedar), indica o ato de ministrar um sedativo: "SEDE (sé-de) o paciente".

CEDE é do verbo ceder (desistir de algo em favor de alguém) conjugado: “O jovem sempre cede (cé.de) o lugar aos idosos”.

SEDE (sé.de), a mesma palavra que, com timbre fechado (sê.de) significa vontade beber, ou até mesmo de fazer outras coisas, é pronunciada com timbre aberto (sé.de) para indica um centro de uma ação: a cidade principal de uma divisão administrativa, o estabelecimento principal de uma empresa, etc.

 

Ver mais AJUDA GRAMATICAL

 

..

.