SEDUÇÃO

por Yuri Vasconcelos

 

Engana-se quem pensa que somos apenas nós, seres humanos, que recorremos a variadas estratégias de sedução para conquistar alguém. Muitos bichos também realizam estranhos rituais de "paquera". Quer ver só um exemplo? Uma espécie de musaranho - pequeno roedor parecido com um esquilo - precisa dar muitas lambidas na face e na nuca da sua amada para amolecer o coração dela e conquistar o direito à reprodução. Já os gibões, macacos de braços compridos e corpo esguio, passam um bom tempo cantando em cima dos galhos das árvores até irem para os finalmentes. Segundo biólogos especializados em comportamento animal, as táticas de sedução de algumas espécies monogâmicas (que têm só um parceiro) servem para impressionar e fortalecer o vínculo entre o casal, evitando uma separação depois do acasalamento. O biólogo sueco Carl-Adam Wachtmeister, da Universidade de Estocolmo, acredita que toda essa exibição para conquistar uma parceira ou parceiro é uma tentativa de persuadir o alvo da paquera a dividir, no futuro, o trabalho árduo de constituir uma família - o que inclui a construção de um ninho, a defesa contra predadores, a busca por alimentos... Apesar de estranhos, esses rituais de sedução dos bichos monogâmicos são inofensivos. Mas no reino animal também existem formas de acasalamento bem mais radicais. É o que acontece com algumas aranhas, escorpiões e gafanhotos. Entre esses pequenos bichos, a fêmea invariavelmente mata e come o macho durante ou depois da consumação do ato sexual!

 


 

Paquera que é o bicho! Lambidas, cantorias, danças... No reino animal, vale tudo para ter sucesso na conquista

Dueto primata
Bicho: gibão (Hylobates muelleri)
Região: ilha de Bornéu, na Indonésia

Ritual: nada discreto, um casal de gibões faz grande algazarra nas "preliminares". O ritual inclui "duetos musicais" com duração de pelo menos 15 minutos. Durante o showzinho, as fêmeas vocalizam repetidas vezes um som parecido com "uááá", enquanto os machos respondem com um vigoroso "rúúú". A cantoria é perfeitamente coordenada

Tango penoso
Bicho: ave aquática Podiceps cristatus
Região: hemisfério norte

Ritual: essa curiosa ave faz um glamuroso show aquático durante o período reprodutivo. Um dos parceiros nada e mergulha na direção do outro, emergindo com as asas abertas e o corpo ereto. Os dois, então, seguem juntinhos, o peito de um colado ao do outro, dando mergulhos e fazendo piruetas, numa espécie de tango animal

Lambe-lambe
Bicho: musaranho (Typia belangeri)
Região: florestas do Sudeste Asiático

Ritual: esses mamíferos roedores não abrem mão de uma lambidinha antes do ato sexual. Para ser aceito pela fêmea, o macho precisa primeiro lamber o rosto e o pescoço dela, que recebe o carinho com a cabeça levemente inclinada para o lado e com os olhos semicerrados. Só depois de muito agrado é que os dois finalmente copulam

De papo pro ar
Bicho: fragata (Fregata magnificens)
Região: ilhas oceânicas tropicais

Ritual: no período reprodutivo, o macho da fragata — ave de penas pretas da família dos pelicanos — passa por uma grande transformação física. Para chamar a atenção das fêmeas, ele enche de ar um saco de pele localizado junto ao seu papo, fazendo com que pareça uma grande bola avermelhada. O saco de pele fica até 30 vezes maior que seu tamanho natural!

Espelho espelho meu
Bicho: pingüim-azul (Eudyptula minor)
Região: Austrália e Nova Zelândia

Ritual: durante o acasalamento, os monogâmicos pingüins-azuis são obcecados pela estética. Eles se bicam mutuamente, colocando em ordem as penas do parceiro que estejam desalinhadas —normalmente as da cabeça, pescoço e em torno dos olhos. Esse estranho ritual de vaidade é interrompido por danças geralmente iniciadas pelo macho

Ou a preliminar ou a morte
Bicho: louva-a-deus (Mantis religiosa)
Região: principalmente em zonas tropicais e subtropicais do planeta

Ritual: o que não se faz pela perpetuação da espécie... Como a fêmea louva-a-deus é muito violenta, o macho precisa prender as patas dela, antes de decidir fecundá-la. Caso a fêmea se liberte, não hesitará em atacá-lo e poderá arrancar e devorar sua cabeça. Ou seja, o macho que pular as "preliminares", quando a amada é imobilizada, estará literalmente morto
 

(Fonte: Mundo Estranho)

 

Ver mais CURIOSIDADES

 

..

.