BOLSONARO E A ESQUERDA NA ARGENTINA


Ontem (11), o presidente Mauricio Macri, aliado do presidente, perdeu nas eleições primárias realizadas na Argentina


Argentinos fugirão para o Brasil se 'esquerdalha' voltar ao poder no país vizinho, diz Bolsonaro
Foto: Marcos Corrêa/PR
Por: Kamille Martinho no dia 12 de agosto de 2019 às 15:40
 

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (12), após a derrota do seu aliado, o presidente Mauricio Macri, nas eleições primárias realizadas ontem (11) na Argentina, que não quer "irmãos argentinos fugindo para cá" caso a "esquerdalha" vença no pleito de outubro.

"
Povo gaúcho, se essa esquerdalha voltar aqui na Argentina, nós poderemos ter, sim, no Rio Grande do Sul, um novo estado de Roraima. E não queremos isso: irmãos argentinos fugindo pra cá, tendo em vista o que de ruim parece que deve se concretizar por lá caso essas eleições se confirmem no mês de outubro", disse Bolsonaro. "A turma da Cristina Kirchner, que é a mesma da Dilma Rousseff, que e a mesma de [Nicolás] Maduro e [Hugo] Chávez, e Fidel Castro, deram sinal de vida aqui", concluiu.

As primárias de domingo funcionaram como uma megapesquisa das eleições presidenciais que acontecerão em 27 de outubro. O temor de que Macri não seja reeleito, atrelado à guerra comercial entre Estados Unidos e China, levou o dólar a bater a marca de R$ 4 na manhã de hoje.
<https://www.metro1.com.br/noticias/politica/78321,argentinos-fugirao-para-o-brasil-se-esquerdalha-voltar-ao-poder-no-pais-vizinho-diz-bolsonaro>

 

E o que aconteceu? Como ficou?

A esquerda ganhou. Mas, agora, os brasileiros é que fogem para a argentina para abastecer seus veículos.

 

 

Ver mais POLÍTICA BRASILEIRA

 

..

.