DIA DE REIS - OS TRÊS REIS MAGOS

06/01/2010

 

O dia de reis é um festejo católico de origem incerta, que a história não confirma. 

"O Dia de Reis, segundo a tradição cristã, seria aquele em que Jesus Cristo recém-nascido recebera a visita de "uns magos" que, segundo o hagiológio, foram três Reis Magos, e que ocorrera no dia 6 de janeiro. A noite do dia 5 de janeiro e madrugada do dia 6 é conhecida como "Noite de Reis".

A data marca, para os católicos, o dia para a veneração aos Reis Magos, que a tradição surgida no século VIII converteu nos santos Melchior, Gaspar e Baltazar. Nesta data, ainda, encerram-se para os católicos os festejos natalícios - sendo o dia em que são desarmados os presépios e por conseguinte são retirados todos os enfeites natalícios.

Em alguns países, como Espanha, é estimulada entre as crianças a tradição de se deixar sapatos na janela com capim (erva) antes de dormir para que os camelos dos Reis Magos possam se alimentar e retomar viagem. Em troca os Reis magos deixariam doces que as crianças encontram no lugar do capim após acordar. A tradição também consiste em comer Bolo-Rei, no interior do qual se encontra uma fava e um brinde escondidos. A pessoa que encontra a fava deve "pagar" o Bolo-Rei no ano seguinte." (Fonte: Wikipédia).

 

Os quatro evangelhos que, entre dezenas, foram escolhidos pela Igreja, falam de Jesus, mas só dois (Mateus e Lucas) falam da infância do homem Deus.  Mas os REIS MAGOS (REIS?), esses só são mencionados por Mateus, e em nenhum lugar está escrito que fossem reis, apenas "magos vindo do Oriente".   E, na versão de Lucas, a história da infância de Jesus é muito diferente, não havendo matança de crianças, nem fuga para o Egito, e Jesus teria sido visitado por pastores de ovelhas, não por magos do Oriente.

 

Apesar de todas essas confusões, criou-se essa lenda dos "reis magos".   Os bons historiadores da atualidade não aceitam que tenha ocorrido a matança de meninos, uma vez que ninguém da época se referiu a ela.  Um ato hediondo desse não ficaria sem registro.  Somando-se a isso, a história contada por Lucas desmente por completo o episódio, informando que Jesus foi apresentado no templo, voltou para a sua cidade, e seus pais iam todos os anos a Jerusalém. Só não diz explicitamente que Jesus ia com eles, mas, em caso de ele ter existido e nascido nas condições informadas, ele teria ido todos os anos a Jerusalém.  E, quanto aos visitantes de Jesus, não havia nada de magos, mas pastores de ovelhas que estavam no campo.

 

Se a visita dos magos é algo tão duvidoso, o serem eles reis está ainda mais fora de cogitação.

 

Ver A INFÂNCIA DE JESUS

 

Ver mais sobre CONHECIMENTOS GERAIS

 

..

.