ACREDITARAM NA RESSURREIÇÃO ATÉ SEREM DETIDOS

 

Sabiam que em pleno século XXI ainda existem pessoas pensando que podem ressuscitar outras?  E não é só aqui. Na África do Sul houve uma maior demonstração de fé do que no Brasil.

 

Pastor é preso por realizar vigílias de oração durante três meses para ressuscitar um cadáver
Por Dan Martins em 13 de novembro de 2013
 

Um pastor evangélico foi detido pelas autoridades policiais da África do Sul após manter o cadáver de um homem por vários meses na tentativa de ressuscitá-lo com orações. O pastor Reitor Ndlovu, 53 anos, a esposa do falecido, Shylat Kamuposi, 40 anos de idade, e alguns membros da igreja Johane Masowe foram detidos pela polícia.

De acordo com o Noticia Cristiana, o corpo de Isaac Tance, do Zimbábue, foi encontrado enrolado em um lençol branco e coberto com sal em uma cabana isolada onde era mantido pelo grupo de religiosos. Eles insistem em acreditar no poder da oração, que ressuscita os mortos, e por isso mantiveram o corpo por meses.

As paredes da cabana foram cobertos com lençóis, e fitas vermelhas formando uma cruz. Os vizinhos dizem que eles tinham feito vigílias de oração e adoração por três meses. O grupo afirma ter tido uma “revelação” de que Isaac iria abrir os olhos em dezembro e voltar à vida.

O Procurador do Estado, Darlin Buchner, explicou que Tance morreu a caminho da igreja em agosto, possivelmente por causa de uma cobra. A família não chamou uma ambulância e nem relatou o caso às autoridades, preferindo levar o corpo e levá-lo para casa e orar por ele.
Compartilhar

Um dos três filhos de Tance, que também morava na casa, comentou a um vizinho que o seu pai tinha sido mordido por uma cobra e esteve adormecido por um longo tempo, mas que poderia acordar em breve. Imediatamente, o vizinho chamou a polícia.

Por Dan Martins, para o Gospel+

http://noticias.gospelmais.com.br/pastor-preso-fazer-tres-meses-vigilia-ressuscitar-cadaver-62442.html

 

E não é só na África que ainda existem pessoas que acreditam que oração possa retornar alguém à vida.  Aqui também uma família tentou isso.  Mas desistiu quando o corpo passou a cheirar muito mal. Os africanos demonstraram muito mais fé, porque os daqui desistiram com três dias, e aqueles ficaram três meses e ainda tiveram que ser detidos, senão iriam ficar mais tempo.   Ainda acreditam nessas palavras: "tudo o que pedirdes na oração, crendo, recebereis" (Mateus, 21:22).  Até quando não perceberão a falácia da ressurreição?

 

Ver mais SANDICES RELIGIOSAS

 

..

.