O ANJO DE MAOMÉ NÃO VEIO DO CÉU

 

Os muçulmanos acreditam que o alcorão foi ditado para Maomé por um mensageiro vindo do céu.  Se observassem o conhecimento astronômico atual, perceberiam que isso é um engano, e esse livro sagrado não estaria causando tantas barbaridades atualmente.

 

Fonte: https://exmuculmanos.wordpress.com/tag/misticismo-islamico/

 

O suposto anjo que teria dito as palavras do Alcorão teria proferido esta informação:

 

"Ele foi quem vos criou tudo quando existe na terra; então, dirigiu sua vontade até o firmamento do qual fez, ordenadamente, sete céus, porque é Onisciente." (Alcorão, surata 2: 29).

E decoramos o céu mais próximo com lâmpadas e protegemo-lo” (Alcorão, 41: 12).

 

Se tivéssemos que crer que tais céus são uma alusão às sete camadas da atmosfera, como pretendem muçulmanos atuais, então teríamos que presumir que as estrelas devem estar a não mais de onze quilômetros acima da Terra.

 

A crença em sete céus foi copiada do Cristianismo, pois o apóstolo Paulo teria dito conhecer uma pessoa que fora "até o terceiro céu" (II Coríntios, 12: 2).

 

Hoje, avistando a bilhões de anos-luz, os telescópios nos mostram o quanto os cristãos estavam enganados, e deixam claro que o anjo de Maomé também não passou de produto de equivocado pensamento derivado do cristianismo.   A Terra não é o centro do Universo; Marte Júpiter e Saturno não giram em torno da Terra, mas em torno do Sol como ela; e as estrelas ditas "fixas" estão se movimentando em suas galáxias assim como o Sol em nossa Via Láctea.

 

O atual conhecimento astronômico prova, sem sombra de dúvida, que Maomé não recebeu instruções de um ser onisciente.  Mas, lamentavelmente, vemos no século 21 crescer o número de pessoas que, com base nesses pensamentos primitivos, pensam que terão um paraíso após a morte em troca de prática de crueldades e assassinatos contra os que não acreditam nessas bobagens (Surata 9:111).

 

Ver mais sobre o ISLAMISMO

 

..

.