O CÓDIGO DA BÍBLIA E O CÓDIGO DE MOBY DICK -- 10/12/2006 -

 

Há diversas fontes de previsão do futuro, mas todas vêm caindo por terra. Nos últimos anos, surgiu o chamado "Código da Bíblia". Seria esse digno de credibilidade? Ou é algo que pode ser encontrado em outro livro além da Bíblia?

"- Há mensagens secretas escondidas na Bíblia?

Michael Drosnin conseguiu ganhar seu dinheiro com essa idéia que hoje, alguns anos depois, felizmente já parece ter saído de moda. Mas se há mensagens e profecias escondidas na Bíblia, vejam outras surpreendentes mensagens e profecias em:
- O código do "Código da Bíblia":
 



"O código é mau" (The code is evil) escondido em The Bible Code de Michael Drosnin (Simon and Schuster, 1997).

- O código de Moby Dick:
(Este é particularmente relevante. Michael Drosnin, o autor, desafiou os críticos a acharem a profecia do assassinato de um primeiro ministro no livro "Moby Dick". Se conseguissem, ele cederia. Conseguiram achar vários, de Indira Ghandi passando por Martin Luther King, JFK e Abraham Lincoln...):
 



Por fim, é bom notar que o alfabeto hebraico facilita ainda mais o encontro destas "mensagens", já que há vários modos de ler e não há divisão tão clara entre consoantes e vogais.

Pode parecer estranho encontrar estas "mensagens" como coincidência, mas matematicamente na verdade seria estranho que elas não existissem em livros tão volumosos e com critérios de leitura tão forçados que só computadores conseguem fazê-lo.
http://www.ceticismoaberto.com/referencias/bibcode.htm

Outro comentário informa o seguinte:

"Seguindo o método do "Código da Bíblia", o matemático australiano Brendan McKay trabalhou com o romance "Moby Dick". Ele chegou aos mesmos resultados "sensacionais" como Michael Drosnin, o autor do livro "O Código da Bíblia". McKay encontrou dados apropriados para acontecimentos como o assassinato de Indira Ghandi, de Martin Luther King, de Yitzhak Rabin e até do trágico acidente de Lady Diana. Não se deve esquecer de que no hebraico não existem vogais. Isso significa que as sílabas são ambíguas e, além disso, as palavras são mais curtas. Dessa maneira, as chances de se encontrar codificações que fazem sentido são muito superiores do que no inglês ou em outros idiomas. Apesar disso, o romance inglês "Moby Dick" (de 1851) já "previu" todos esses acontecimentos terríveis. McKay também realizou cálculos em relação ao nome de Michael Drosnin. Bem próximo ao nome, o matemático australiano encontrou a palavra "liar" – "mentiroso", assim como algumas referências à morte do autor do livro "O Código da Bíblia". (Rui_Robson, Grupo de Pesquisa Ufológica Americana).

PREVISÕES

"Um ataque de arma atômica contra Israel foi predito para 13 de setembro, 1996 (pp.75, 76). Como bem sabemos, tal ataque não ocorreu. Levando em conta este fracasso, decide Drosnin que o que foi codificado de fato na Bíblia era aquele “Fim dos Dias” que começaria em 1996 e um holocausto atômico como também uma guerra mundial seria parte deste último dia:... O Apocalipse era agora que o ‘fim dos dias’ já tinha começado, que o verdadeiro Armagedon talvez se iniciasse com um ataque atômico a Israel (p.lO3).”

“Todos os principais avanços da tecnologia moderna parecem ter sido registrados. Os irmãos Wright estão codificados junto com avião...” (p. 46). Um tremendo erro, pois o pai da aviação, na realidade foi o brasileiro Alberto Santos Dumont que, no dia 23 de outubro de 1906, realizou o primeiro “vôo mecânico” do mundo, com seu famoso 14-Bis.

O “Código da Bíblia” também previa que o ex-primeiro ministro de Israel Benjamim Netanyahu morreria até o fim do mandato (pp. 72, 78, 79). Os defensores de Drosnim argumentam que o mesmo disse ser uma possibilidade. Entretanto, ele próprio diz: “Se seguisse apenas o códïgo da Bíblia, teria de dizer que Netanyahu, caso eleito, não viverá até o fim de seu mandato” (p.72), e é exatamente o que vemos no fac-símile da página 79: o assassinato de Benjamim. No entanto, Netanyahu, esboçando um enorme vigor físico, entregou seu cargo em 24/05/99 para o ganhador das eleições, o general israelense mais condecorado de todos os tempos, Ehud Barak"

(http://www.cacp.org.br/codigobiblia.htm).
 

No livro Código da Bíblia existe também algo que o intérprete disse ser o choque de um cometa com a Terra no ano 2006, 2010, ou 2012. Faltam apenas seis anos. Como passaram os anos 1999 e 2000 e não ocorreu nada do que estava previsto por Nostradamus e outros, bem como um piramidólogo colocou o o fim da história humana do ano 2004 ao ano 2007, e as profecias de São Malaquias, segundo seus intérpretes, prevêem apenas mais dois papas depois de Bento XVI, faltam poucos anos para os amantes do fim do mundo terem que criar novas interpretações e novos códigos.


Ver mais PREVISÕES DO FUTURO

 

 

..

.