COVID-19

 

Uma mutação do vírus coronavírus descoberta na China no final de 2019, altamente contagiosa, se tornou em 2020 a maior pandemia de todos os tempos, a Covid-19.

 

O nome Covid-19 foi dado à doença por ela ter sido descoberta em 2019. 

 

Eu pouco tempo, os vírus se disseminou pelo mundo inteiro, e embora a taxa de letalidade não seja grande, a alta taxa de contaminação causou rapidamente milhões de mortes.

 

O vírus que causa a COVID-19 é transmitido principalmente por meio de gotículas geradas quando uma pessoa infectada tosse, espirra ou exala. Essas gotículas são muito pesadas para permanecerem no ar e são rapidamente depositadas em pisos ou superfícies.


Você pode ser infectado ao inalar o vírus se estiver próximo de alguém que tenha COVID-19 ou ao tocar em uma superfície contaminada e, em seguida, passar as mãos nos olhos, no nariz ou na boca.

 

A primeira morte por covid-19 no Brasil foi registrada em 12 de março de 2020, e, em 8 de agosto, menos de cinco meses, o país atingiu mais de cem mil mortos.

 

6 de agosto, pela primeira vez, que um dos indicadores considerados no monitoramento do coronavírus sinaliza queda na curva da pandemia em Minas Gerais, e o mês terminou em sensível queda do contágio.

 

11 de agosto de 2020, Rússia anuncia primeira vacina contra a covid-19. Decisão é questionada e OMS pede cumprimento de protocolos.

 

19/08/2020 - Pela 1ª vez desde abril, Brasil apresenta contágio de coronavírus em desaceleração;

 

Diretor da OMS acredita que a pandemia poderá ser superada em menos de 2 anos.
 

Em setembro, constata-se que o ISOLAMENTO está sendo ABANDONADO.

 

Ver COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS

 

..

.