CRER, OU SER CONDENADO. PARECE QUE VOCÊ ESTÁ ENGANADO

 

Um indivíduo, sem qualquer identificação documental, chega à casa de determinada pessoa e diz:

- "Sou o delegado de polícia da cidade, tenho que entrar em sua casa para uma investigação".

O dono da casa pede sua identificação.

O delegado diz: - "Não tenho que lhe mostrar identificação, vou entrar em sua casa e fazer meu trabalho.

O morador fecha a porta.

O delegado quebra a porta, entra e ainda leva preso o morador por desobediência à ordem de uma autoridade.

 

Se você for um juiz, o que você fará?

Soltará o preso e condenará o delegado por ato arbitrário?

Ou condenará o preso por desrespeito à autoridade?

Você acha que uma pessoa tem obrigação de abrir a porta para qualquer pessoa que simplesmente diz ser uma autoridade sem identificação e sem mandado judicial?

 

Você recebeu uma carta de Yavé, o deus dos hebreus.  Nessa carta ele diz que você tem que cumprir seus mandamentos, aceitar o seu filho que foi enviado para salvar o mundo, ou você irá ser lançado em um lago de fogo, para queimar-se eternamente.  Você nunca viu Yavé, nunca ouviu sua voz, apenas recebeu uma carta trazida por um brasileiro, que disse que recebeu de um português, que recebeu de um italiano, que disse que nunca viu esse deus, mas seus ancestrais romanos conheceram uns judeus que estiveram pessoalmente com esse deus filho de Yavé e lhes disseram: "Se você crer, você será salvo, mas se não crer, será condenado".

 

Mas você recebeu também uma carta de Júpiter, um deus dos romanos, informando: "Você tem que fazer assim, assim e assim. Cumpra minha ordem e ensine aos outros, se não quiser ser preso nas profundeza da Terra".  Você nunca viu Júpiter, não ouviu sua voz, só recebeu uma carta trazida por um soldado romano, que disse que não o conheceu também mas seus ancestrais que lhe entregaram a carta estiveram pessoalmente com ele.  Você corre o risco de ir para as profundezas se realmente esse deus existir. 

 

Você acha que deve obedecer? Mas a qual deus?

 

O deus dos hebreus e dos cristãos nunca apareceu para ninguém (está escrito que apareceu para uns hebreus de cuja existência não existe nenhum registro além da carta que você recebeu). Nem a sua voz é ouvida em lugar nenhum.  Mas você tem medo de rejeitar a carta e ir queimar-se eternamente na hipótese de ele existir.  Então, na dúvida, você acha melhor aceitar tudo, sem questionar nada, pois seu risco é muito grande.  A ameaça é aterradora!

 

Mas agora eu pergunto: Você não tem prova de que Júpiter exista, mas também não tem maior prova de que Yavé exista.  Já pensou se a verdade estiver com Júpiter?!   Se estiver, você vai perder seu tempo obedecendo tudo que aceita ser ordem de Yavé, e Júpiter vai mandar você para a escuridão das profundezas, porque você cometeu um grande erro desrespeitando-o.

 

Como Yavé e Júpiter, existem no pensamento de vários povos milhares de deuses.  Nenhum deles aparece para você.  E um deles, o mais aceito, escreveu (dizem que foi ele, mas nada prova isso) em um passado remoto, um punhado de coisas erradas, que naquela época eram tidas como certas até pelos mais sábios, mas hoje temos certeza de que são equívocos.  E você ainda acredita que esse seja mesmo um deus onisciente?!  Se esse deus não sabia da realidade desconhecida naquele tempo, parece muito mais lógico que ele seja falso, e que você esteja cometendo um erro enorme.

 

Ver  MAIS RAZÕES PARA O ATEÍSMO

 

..

.