CRISTÃOS UNIDOS

23 de setembro de 2011

 

Papa quer ser amigo de seus antigos inimigos. O mundo que se cuide.

"Papa Bento XVI critica igrejas pentecostais e convida evangélicos a trabalharem juntos com os católicos
Publicado por Tiago Chagas em 23 de setembro de 2011

Papa Bento XVI critica igrejas pentecostais e convida evangélicos a trabalharem juntos com os católicos

O Papa Bento XVI disse nessa Sexta-Feira, 23/09, estar preocupado com o crescimento das igrejas pentecostais e convidou os cristãos protestantes a trabalhar junto com os católicos.


O Papa afirmou ainda que os cristãos católicos e protestantes erraram ao dar mais atenção às diferenças do que aos motivos que os tornam iguais. “Foi um erro ter visto majoritariamente aquilo que nos separa e não ter percebido de forma essencial o que temos em comum nas grandes pautas da Sagrada Escritura e nas profissões de fé do cristianismo antigo”.

Sobre o crescimento das igrejas pentecostais no mundo todo, o Papa Bento XVI afirmou que “este fenômeno mundial de mudança traz um cristianismo com pouca densidade institucional, pouca bagagem racional e pouca estabilidade”. Por isso, segundo ele é necessário questionar se esse crescimento é benéfico.

Bento XVI continuou sua fala dizendo que as igrejas cristãs históricas estão “perplexas” e preocupadas com o avanço das igrejas pentecostais, e convidou os protestantes a trabalhar junto com os católicos para testemunhar a fé em um mundo moderno."

http://noticias.gospelmais.com.br/papa-bento-xvi-critica-igrejas-pentecostais-e-convida-evangelicos-a-trabalharem-juntos-com-os-catolicos-83245.html

 

Parece ser até um progresso, diante da guerra que se travou no passado entre o catolicismo e o protestantismo.   Mas agora resta saber se os protestantes, que estão ganhando terreno, vão estar de acordo com quem está perdendo.    Por outro lado, lhes interessa uma união.  Se cada grupo deixar de ser os donos da verdade e admitir que a verdade dos outros também é válida, parece que será uma manobra para fazer frente ao ateísmo.  Nessa linha, até Mahmoud Ahmadinejad já propôs união entre Islamismo e Catolicismo. 

 

Mas, se o mundo não abrir os olhos, os diversos grupos religiosos poderão se unir para impor suas práticas como fizeram no passado e os muçulmanos fazem atualmente onde têm o domínio político.

 

Ver mais RELACIONAMENTO RELIGIOSO

 

..

.