DIA DOS ADULTOS

 

O verbo adolescere, em latim, significa crescer, fazer-se grande. Adolescente é, pois, aquele que está crescendo e adulto é aquele que cresceu, que amadureceu.

Biologicamente, o adulto está entre o jovem e o idoso; psicologicamente, é a pessoa que demonstra capacidade de agir, pensar e realizar algo de maneira equilibrada, racional, sensata; juridicamente, é aquele a quem a lei concede completa capacidade para o exercício de sua vida civil. Com toda essa carga de expectativas e responsabilidades, nada mais justo do que conceder um dia também para o adulto.

Mas para quê?

Em primeiro lugar, talvez, para ele pensar no que significa ser adulto, isto é, maduro, que atingiu certa plenitude.
 

Em seguida, para ele pensar no jovem que, ao menos nos documentos, já não é, mas que pode continuar sendo no coração, no espírito, na empolgação pela vida.
 

Além disso, pode pensar também no idoso que ele vai querer ser: alguém cheio de sabedoria e sonhos ou alguém cheio de saudades e silêncios.
 

Pode pensar, ainda, no adulto que ele está sendo. Vale dizer: se está feliz, se está fazendo os outros felizes, se está trabalhando para que a felicidade aconteça ao seu redor. Melhor ainda: se está usando todas as suas capacidades em plenitude para ser e fazer feliz.
 

Às definições do dicionário, acrescentaria ainda uma: adulto é aquele que pode proteger, porque sabe como, as crianças e os idosos; adulto é aquele que pode defender, porque sabe como, a verdade, a justiça, a ética, a honestidade, a vida. (Fonte: Fátima)

 

Ver mais DATAS

 

..

.