.

.

 

INFARTO DE HAROLD CAMPING É CASTIGO DIVINO?

 

Infarto de Harold Camping seria um castigo de Deus por suas falsas profecias? Pastor explica
Publicado por Renato Cavallera em 16 de junho de 2011
 

Durante mais de 50 anos, Harold Camping tem usado o púlpito da Family Radio para ensinar o que ele acreditava ser a palavra de Deus na Bíblia.
Com a sua voz reconhecida voz áspera, Camping podia ser ouvido pela rádio e em turmas pequenas falando sobre a Bíblia passagem a passagem. Mas com o passar dos anos, esses ensinamentos começaram a transformar-se em previsões, com Camping afirmando que tinha desvendado as datas do Dia do Juízo e do arrebatamento usando numerologia encontrada na Bíblia e uma fórmula de cálculo.
A última previsão de Camping foi que o arrebatamento e Julgamento terá lugar a 21 de maio, a data que assinalaria o início do Fim do Mundo. Até hoje, não é claro o número de pessoas que venderam suas casas, deixaram seus empregos ou abdicaram das suas poupanças em antecipação de sua profecia do Juízo Final. Mas dos poucos que partilharam as suas histórias publicamente, uma coisa era certa – eles acreditavam que as suas predições eram a verdade autêntica.
Mas como o mundo já sabe por agora, 21 de maio veio e passou. E embora Camping tenha emitido um comunicado dizendo que estava errado somente no sentido que o julgamento tinha vindo em um “sentido espiritual” em vez de um físico, o dano ao que restava de sua integridade pública foi feito. Para os observadores, nos EUA e ao redor do mundo, era oficial: Harold Camping foi e é um falso profeta.
Então, na quinta-feira passada, quase três semanas depois de sua data de Julgamento prevista de 21 de Maio, Camping, de 89 anos, sofreu um infarto ligeiro e foi internado em um hospital local perto de sua casa em Alameda, Califórnia. O infarto, alegadamente, afetou apenas o seu discurso, que se tornou mais arrastado.
Para muitos observadores, o infarto – embora trágico – pareceu um ato divino para punir o pregador de rádio pelas suas previsões falsas ou pelo menos para alertá-lo para não o fazer novamente. Foi demasiada coincidência ter sido exatamente a fala de Camping que foi afetada, disseram muitos observadores no Twitter e no Facebook.
Foi o infarto de Harold Camping castigo de Deus? Será que um Deus de amor chega mesmo a punir as pessoas se elas lhe desobedecem?
Certamente, na Bíblia, Deus julga e pune. A punição é merecida para a rebelião humana”, disse Erik Thoennes, professor adjunto de Estudos Bíblicos e Teológicos na Biola University, ao The Christian Post.
Thoennes realçou vários exemplos do castigo de Deus por toda a Bíblia: Adão e Eva sendo expulsos do Jardim do éden, o mundo sendo julgado no dilúvio de Noé, e o rei Herodes sendo ferido. Deus toma “medidas disciplinares” não apenas sobre indivíduos, mas sobre grupos de pessoas, incluindo os israelitas, os cananeus e os egípcios, disse ele.
“Quando lemos a Bíblia, é claro que Deus está ativo na criação. Ele leva a sério o pecado, ele julga o pecado, ele pune os indivíduos e grupos, povos, nações e Igrejas”, disse Thoennes. “A todo momento você tem Deus revelando-se a si mesmo e operando os Seus propósitos de redenção para a criação.”
Mas no caso de Harold Camping, é difícil de dizer, de acordo com o professor da Escola de Teologia Talbot.
“Especular com um certo nível de certeza que sabemos o que está a acontecer quando alguém tem um infarto não é algo que possamos fazer, porque a Bíblia não nos dá a interpretação para isso”, continuou Thoennes.
“Isso não quer dizer que não poderá ser útil para nós perguntarmos: Senhor, você está a fazer aqui algo? Senhor, você está a tentar ensinar-me algo? Pode ser esse o caso, mas é muito difícil saber com certeza … às vezes apressamo-nos a ligar os pontos, mas às vezes não conseguimos saber por que essas calamidades aconteceram.”
Thoennes disse que demasiadas vezes as pessoas se concentram apenas nos elementos particulares do julgamento de Deus ao invés de compreender a realidade universal do julgamento de Deus sobre uma humanidade rebelde. As pessoas esquecem que elas próprias também estão sob o julgamento de Deus.
“Estamos todos de igual forma sob a maldição de Deus devido à condição caída de todos os seres humanos”, explicou ele. “Por isso, nesse sentido, o infarto de Harold Camping é um ato de julgamento da mesma forma que o meu corpo deteriorando-se é um ato de julgamento.”
As pessoas que aceitaram o sacrifício de Jesus, que tomou esse castigo e ira sobre si mesmo, já não têm de suportar mais esse julgamento, enquanto as pessoas que ainda têm de aceitar a Cristo precisarão um dia de responder a essa ira, de acordo com Thoennes.
“Felizmente, Jesus toma sobre si o nosso castigo se estivermos a beneficiar disso pela fé”, disse ele.
Então, que resposta bíblica poderíamos dar a alguém como Harold Camping?
Thoennes disse que a nossa primeira resposta deve ser a humildade diante da constatação de que todos nós merecemos julgamento e morte por causa do nosso pecado.
“Ao invés de ser farisaico em relação a alguém que está passando por uma situação difícil, deve ser um arrependimento sóbrio e humilde o que sentimos.”
Em segundo lugar, é sempre bom orar pela pessoa. No caso do Camping, orar para que “ele se recupere fisicamente e venha a compreender a verdade”, disse o professor de Biola.
Thoennes, que é também pastor da Grace Evangelical Free Church em La Mirada, Califórnia, disse que se Camping pertencesse a uma igreja, ele poderia buscar sabedoria da comunidade dos crentes sobre o que Deus lhe está a tentar revelar. No entanto, dado que o locutor da Family Radio acredita que a era da Igreja acabou, será quase impossível recolher esse tipo de ensinamentos sem fazer parte de uma igreja funcionante, observou ele.
Thoennes comentou que ele sente que é inteiramente apropriado para o público, incluindo os Cristãos, responderem e confrontarem os ensinamentos não-bíblicos de Camping, desde que o façam com humildade. Apesar do falhanço do arrebatamento de 21 de maio, Camping ainda afirma que 21 de outubro irá marcar o Fim do Mundo.
O que os Cristãos devem evitar, no entanto, é juntarem-se ao resto do mundo zombando junto com eles e transformando os ensinamentos da Igreja sobre o Juízo final e a Segunda Vinda em uma ideia ridícula.
“Harold Camping está apenas errado na definição da data”, disse Thoennes. “Ele não está errado acerca da magnitude e seriedade disto”.

(http://noticias.gospelmais.com.br/infarto-harold-camping-castigo-deus-falsas-profecias-20916.html)

 

O "infarto de Harold Camping é um ato de julgamento da mesma forma que o meu corpo deteriorando-se é um ato de julgamento.”, disse o pastor Erik Thoennes.

 

Agora perguntamos: e nossos animai, que os dizem não ter alma e não cometerem pecados, por que se deterioram e morrem assim como nós pecadores?  

 

Ver mais sobre CASTIGOS DIVINOS

 

Ver mais RELIGIÃO

 

..