IRÃ EM GUERRA AO CRISTIANISMO

 

Pouco depois de propor união com o Vaticano para combater o secularismo, o governo iraniano começou uma guerra contra o Cristianismo.  Está querendo fazer o que o Cristianismo fez no passado.

 

Governo do Irã confisca Bíblias e destrói igrejas declarando guerra ao cristianismo
Por Dan Martins em 1 de dezembro de 2011

Mais de 6.500 Bíblias foram confiscadas, sites foram fechados e igrejas foram destruídas por autoridades iranianas em uma ofensiva do governo contra o crescimento do cristianismo no país.

Segundo a agência oficial de notícias Mehr, a ação se justifica por que “os missionários cristãos têm feito uma campanha milionária, com publicidade enganosa para que a opinião pública e a juventude se afastem dos ensinamentos do Islã”.

http://noticias.gospelmais.com.br/ira-governo-confisca-biblias-destroi-igrejas-guerra-cristianismo-28004.html

 

Ahmadinejad já havia proposto união com o Vaticano para combater o secularismo.  Mas agora já está percebendo que essa união é impossível, e o Cristianismo já é mais um inimigo.

 

Isso não é surpresa.  É a coisa mais natural a religião que adquire poder político tentar destruir todas as outras.  Em toda a história vimos isso.  Assim faziam os hebreus, os egípcios, os babilônios, os gregos, e o cristianismo da Idade Média. Os únicos que tolerava outras religiões eram os romanos. Só se preocupavam quando os religiosos queriam tomar o poder, e aí metiam a espada, crucificavam, etc.  E, intimamente, as religiões não mudaram. Basta adquirir poder, a imposição ressuscita.

 

Ver mais sobre o  ISLAMISMO

 

..

.