JESUS NA PRESIDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS

 

Como ficariam os Estados Unidos com Jesus na Presidência?

 

Evangelista pede para que pessoas votem em Jesus Cristo para presidente dos Estados Unidos
Por Dan Martins em 11 de julho de 2012

Bill Keller, um evangelista de Internet norte-americano, está coordenando uma campanha para que os cristãos dos Estados Unidos “votem em Jesus” nas próximas eleições presidenciais do país. Segundo ele, os cristãos enfrentarão um dilema difícil em novembro.

Keller dirige o site LivePrayer.com, onde oferece um devocional diário lido por mais de 2,4 milhões de assinantes, e defende a ideia de que os candidatos Barack Obama e Mitt Romney são “dois lados da mesma moeda de satanás”. O evangelista afirma que mais de 200 mil pessoas já aderiram a sua ideia.

- É literalmente Satanás lançando uma moeda de duas cabeças, com sua cabeça em ambos os lados. Como pode um cristão em boa consciência, votar no presidente Obama, que provou ser o mais pró-matança de bebê, pró-homossexual radical, pró- inimigo do Presidente de Israel na história da nossa nação? – questionou Keller na campanha “Vote em Jesus”.

O evangelista se manifestou também contra a candidatura de Mitt Romney, por ele ser mórmon.

- Por outro lado, como pode um cristão em boa consciência, votar em Mitt Romney, um membro da 5ª geração e sacerdote do culto satânico Mórmon – afirmou.

A professora de ciência política na Wheaton College, Amy Black, afirmou não concordar com as colocações de Keller. Black é autora do livro “Honrar a Deus em vermelho ou azul: Política de aproximação com Humildade, Graça, e Razão”, e disse ao The Christian post que não vê tais candidaturas como obra de Satanás.

- Os cristãos devem pesar cuidadosamente as suas escolhas e avaliar os dois candidatos. Alguns podem decidir em consciência que não podem apoiar nenhum. Mas o uso de retórica de demonizar faz pouco para incentivar a política que honra a Deus – ressaltou a professora, que acredita que os cristãos precisam fazer um trabalho melhor de honrar a Deus em seu ativismo político.

Para Keller, a resposta à eleição é ter os cristãos escrevendo o nome de Jesus para presidente. O evangelista afirma que esta é “uma oportunidade real para os cristãos defenderem sua fé, dizendo não às duas escolhas de Satanás para o presidente, votando em Jesus, e fazendo uma declaração à nação que os problemas neste país não são políticos, eles são espirituais, e a única resposta é voltar-se para Jesus e à Verdade Bíblica”.

http://noticias.gospelmais.com.br/evangelista-campanha-jesus-presidente-estados-unidos-39145.html

 

Imagino como seriam os Estados Unidos com Jesus na Presidência:

 

1 – NÃO SE DEFENDER
“Não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, oferece-lhe também a outra” . (Mateus 5:39)

Esse negócio de Pentágono, FBI, CIA, etc. iria acabar tudo.  Não haveria mais combate ao terrorismo; quando entrasse um radical muçulmano matando um monte de americanos, o presidente certamente iria oferecer mais um grupo para morrer.

2 – AMAR OS INIMIGOS
“Amai a vossos inimigos” . (Lucas 6:27)
Coisas como a caça e eliminação de Bin Laden estaria fora de cogitação. O presidente amaria os membros da Al Qaeda.

3 – NÃO SE PREOCUPAR COM O FUTURO
“Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã” . (Mateus 6:34)
Planos econômicos e políticos seriam coisa do passado.  Seria uma liberdade total.  Será que os americanos estariam mais felizes?

4 – DAR MAIS DO QUE O ADVERSÁRIO EXIGIR
“...ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa” (Mateus 5:40)
Os cristãos americanos não iriam tentar se defender mais dos bandidos.  Quando assaltados, iriam oferecer mais algumas coisas que os ladrões ainda não tivessem encontrado.


5 – ABANDONAR OS PAIS
“E todo o que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras, por amor do meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna” . (Mateus 19:29)
Seria um abandono total!

6 – O CAOS AO MUNDO
“Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra” (Mateus 10:34-35)
Isso aí seria quando o presidente chegasse à conclusão de que sua política não estaria dando certo.  Iria tentar reconstruir aquele aparato de defesa abandonado.

E, se não fosse mais possível reaver o poder de antes, o presidente iria exclamar desiludido:
“Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” . (Mateus, 27:46)

 

Ver mais SANDICES RELIGIOSAS

 

..

.