JESUS NO TEMPLO

 

Quem não conhece a história de Jesus invadindo o templo e dando uma surra nos mercadores de animais de sacrifício em Jerusalém?  Estranhamente, a guarda romana não se teria incomodado com essa violência, e Jesus teria saído ileso após toda violência.  Mas aqui, as coisas são diferente: Jesus foi preso.

 

"Jesus invade igreja, interrompe culto e promete voltar para matar fiéis; Entenda
Publicado por Tiago Chagas em 22 de maio de 2015

Os fiéis de uma igreja evangélica tomaram um susto no último domingo, 17 de maio, quando Jesus invadiu o culto e ameaçou matar os fiéis.

O homem, chamado Jesus, parecia descontrolado quando foi à igreja interromper o culto. Reclamando, disse que iria embora, mas voltaria para matar alguém.

O caso aconteceu em Campo Grande (foto), capital do Mato Grosso do Sul, no Conjunto Habitacional Estrela D’Alva II. Os fiéis não esperaram ele voltar para cumprir o que prometeu e chamaram a Polícia.

Quando os policiais chegaram ao local, foram informados que o homem era vizinho do templo, e foram até sua casa. No local, ele resistiu à tentativa dos policiais de fazer uma vistoria na residência. Porém, sua esposa autorizou a entrada dos PMs, que terminaram por encontrar uma pistola calibre 365, sem munição.

Levado à delegacia por resistência à atuação da PM e porte irregular de arma de fogo, o homem foi identificado como Jesus Rodrigues Matias, de 55 anos, e indiciado por ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo, segundo informações do site Correio do Estado.

Não é raro ver na imprensa notícias de gente incomodada com os cultos e que termina por invadir as igrejas.

Em Dom Basílio, interior da Bahia, um homem abriu fogo contra fiéis que estavam em uma igreja da cidade, em outubro do ano passado.

O pastor da igreja é delegado de Direitos Humanos, e foi atingido na perna durante os disparos. Outros três fiéis foram atingidos por disparos nas pernas e abdômen, mas foram socorridos e não ficaram fora de risco.

Preso em flagrante por policiais militares que atenderam a ocorrência, o homem tinha sinais de embriaguez. Em depoimento, o “atirador” disse que estava incomodado com o barulho do culto, e por isso abriu fogo contra a igreja.

http://noticias.gospelmais.com.br/jesus-invade-culto-promete-voltar-matar-fieis-entenda-76859.html

 

Não conseguimos acreditar nessa estória de Jesus invadindo o templo, fazendo aquela baderna, e não sair preso pelos soldados romanos que estavam por ali para manter a ordem.  Mas o nosso Jesus, incomodado pelos turbulentos evangélicos, não chicoteou ninguém, só fez uma ameaça, visando coibir aquela poluição sonora, e ainda foi "indiciado por ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo".  Pobre Jesus!  Terá que conviver com aquele barulho, ou mudar-se para distante da igreja.

 

Ver mais sobre o  RELACIONAMENTO RELIGIOSO

 

..

.