JESUS, UM PROFETA BAIXINHO, QUE NÃO SABEMOS SE EXISTIU

 

Revista Superinteressante afirma que Jesus era só um profeta “baixinho” que não foi traído por Judas e que os evangelhos não foram escritos pelos apóstolos.

A edição de dezembro de 2012 da revista Superinteressante traz uma matéria sobre Jesus e afirma que várias das afirmações feitas pelo cristianismo e a sociedade em geral a respeito do homem que é apontado como o filho de Deus são mitos.

Com o título “Jesus – A verdade por trás do mito”, a matéria de capa da Superinteressante afirma no subtítulo que “Ele não nasceu em Belém, não tinha cabelo longo nem pele clara e era apenas um entre vários profetas. Descubra o que historiadores, cientistas e teólogos têm a dizer sobre a biografia de Jesus”.

Num teaser divulgado no Youtube, alguns tópicos da matéria são apresentados aos leitores: 1 – Ele não nasceu em Belém, nem no Natal; 2 – Os três reis magos não eram reis nem eram três; 3 – Ele era moreno, baixinho e de cabelo curto; 4 – Jesus era só um entre vários profetas; 5 – Mateus, Marcos, Lucas e João não são os autores dos Evangelhos; 6 – Judas pode não ter sido um traidor e 7 – O reino dos céus era na Terra.

Anteriormente, em julho de 2011, a revista já havia atribuído uma matéria de capa a Jesus, com o tema “Os anos ocultos de Jesus”.

De acordo com informações do site Desktop Gospel, o teólogo norte-americano John Dominic Crossan afirma que a possibilidade de Jesus não ter nascido em Belém existe, realmente: “Tanto Mateus quanto Lucas dizem que Jesus nasceu em Belém com o objetivo de dizer metaforicamente, simbolicamente, que Ele é o novo Rei Davi. O motivo que Lucas dá para José e Maria terem ido a Belém nunca existiu”, afirma Crossan.

Quanto aos reis magos, a afirmação da revista vai de encontro aos relatos bíblicos: “Acreditar nela [Bíblia Sagrada] ou não é uma questão de fé. Mesmo assim, alguns elementos dessa fé distanciaram-se do que está na Bíblia. Por exemplo: não há menção a ‘reis’ [...] O evangelho, aliás, nem diz que eles eram três: só se sabe que eram mais de um, já que são mencionados no plural”, observa o teólogo.

Como as descrições físicas de Jesus não são mencionadas na Bíblia, a revista usa a dedução para afirmar que Jesus era baixinho e moreno, características físicas que vão de encontro a descobertas arqueológicas: “Esqueletos de Judeus do século I indicam que a altura média deles era era mais ou menos 1,55 m. E que a maioria não pesava muito mais do que 50 quilos. E mesmo se fosse bem alto para a época, com 1,65 m, por exemplo, ainda seria pequeno para os padrões de hoje(…) Usando como base 3 crânios do século I, ‘cientistas’ lançaram mão de softwares de modelagem 3D para determinar qual seria o formato do nariz, dos olhos, da boca… Enfim, do rosto de um adulto tipico da época”.

A matéria da revista diz ainda que é provável que as comunidades cristãs tenham encomendado os relatos atribuídos a Mateus, Marcos, Lucas e João, e a afirmação referente a Judas aponta para a hipótese de o discípulo de Jesus apenas ter atendido a um pedido de seu mestre, para ser entregue às autoridades romanas. A revista se baseia num manuscrito identificado como “Evangelho de Judas”, descoberto em 2006, para sustentar suas afirmações.

Sobre o reino dos céus, a revista usa a interpretação que muitos cristãos tem da Bíblia para afirmar que “O Reino de Deus que Jesus pregava iria acontecer aqui”, o que não representa grande descoberta, como anunciado pela revista no vídeo abaixo:

http://noticias.gospelmais.com.br/superinteressante-jesus-traido-evangelhos-apostolos-45496.html

Observação:  Essas sãos as conclusões a que os dados arqueológicos levam SE JESUS TIVER EXISTIDO.  Pois a existência dele ainda não tem nenhum indício confiável.  Os homens que registravam os fatos nos dias de Jesus não souberam da existência dele.  Só muitas décadas depois dos dias em que dizem que ele viveu é que algumas pessoas não cristãs começaram a falar a seus respeito por ouvir cristãos dizerem.  Ninguém teve qualquer notícia de que houvesse um grupo que dissesse que seu líder executado ressuscitara na quarta década do primeiro século desta era.

 

Ver JESUS O INCÔMODO SILÊNCIO HISTÓRICO e A ORIGEM DO CRISTIANISMO.

 

Ver mais RELIGIÃO

 

..

.