LUA DE SANGUE E O FIM DO MUNDO
3/9/2915

 

Já há quem diga que Lua de Sangue deste mês anuncia fim do mundo
por DN.pt


A 28 de setembro, pela quarta vez num ano, um eclipse lunar vai fazer com que a Lua fique vermelha. Há quem veja nisso o sinal de uma "hecatombe mundial". E invocam a Bíblia para o justificar.


Na noite de 27 para 28 de setembro um eclipse lunar vai tingir a Lua de vermelho e há quem acredite que este é um sinal profético de que o fim do mundo está para breve.


Esta Lua de Sangue, como lhe chamam os leigos, é já a quarta a ocorrer no espaço de ano e meio, numa sequência que se manifestou a cada seis meses. O fenómeno registou-se pela primeira vez a 15 de abril de 2014, repetiu-se no dia 8 de outubro, voltou a ocorrer a 4 de abril deste ano, estando agora a quarta Lua de Sangue prevista para a madrugada de 28 de setembro, completando o que se chama uma tétrade lunar.
Para a maioria dos observadores do fenómeno, a Lua de Sangue é uma mera designação que descreve a coloração avermelhada que a Lua adquire durante o eclipse total. Coloração que ocorre porque os raios de Sol que iluminam o satélite, naquele momento, são filtrados pela atmosfera da Terra e atingem a sua superfície com menos luz azul e mais vermelha, explicam os astrofísicos. Mas para alguns pastores, sacerdotes e fiéis cristãos não restam dúvidas: o quarto e último eclipse da tétrade lunar cumpre as profecias bíblicas do Apocalipse.
 

Um dos que o diz é John C. Hagee, o pastor norte-americano que em 2013 publicou o livro Four Blood Moons: Something Is About to Change (Quatro Luas de Sangue: Algo Está Prestes a Mudar) e trata, precisamente, da tétrade lunar que agora termina. "A vinda das quatro luas de sangue aponta para uma hecatombe mundial que irá ocorrer entre abril de 2014 e outubro de 2015", disse o autor à CNN.
 

Para apoiar as suas previsões, John C. Hagee invoca várias passagens bíblicas. Uma das citadas, que tem um impacto mais imediato, encontra-se no Antigo Testamento e diz: "E mostrarei prodígios no céu e na terra, sangue e fogo e colunas de fumo. O sol converter-se-á em trevas e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor" (Joel 2: 30-31). Hagee relaciona ainda este fenómeno com o que se descreve no Livro do Apocalipse 6-12: "Na visão, quando o Cordeiro quebrou o sexto selo, deu-se um grande tremor de terra. O Sol tornou-se preto como um pano de luto e a Lua tornou-se vermelha como o sangue".

http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=4757247
 

Dois mil anos atrás, não podemos dizer que seja burrice alguém pensar que uma lua avermelhada fosse algum mau presságio.  Mas, no século XXI!  Dois milênios atrás, era comum pensar que que um vulcão fosse Satanás lançando chamas do inferno; um eclipse era algo que não se explicava; a passagem de um cometa era tida como aviso de algo trágico; e uma porção de coisas mais, naquele tempo em que a Terra era o centro do universo, e as estrelas eram bolinhas luminosas capazes de cair pela Terra.  Mas, no nosso século, quando podemos ver os planetas girando em torno do sol, presenciamos a Lua passando pelo Sol no momento do eclipse, e já se pode fazer com mais de um ano de antecedência cálculo até de data para um cometa se chocar com um planeta, como ocorreu com Júpiter em 1994; pessoas saírem dizendo por aí que um eclipse lunar trará uma hecatombe e que a Terra vai ser atingida por um asteróide que não é visto pelos os observatórios astronômicos é de um estupidez hilariante.

 

Ver mais SANDICES RELIGIOSAS

 

 

..

.