NAVIO NO OCEANO E O PLANETA VÊNUS

 

Navegando pelo Youtube, deparei com um jovem chamado Alison Dias, o qual, embora conhecendo o ensino científico sobre os astros, acha os argumentos terraplanistas bem convicentes e diz que os globalistas não explicam algo que ele coloca em dúvida. 

 

O NAVIO E O TÊNIS


 

Assim questiona Alison:


"outra coisa que eles dizem ah quando você vai na praia você vai ver que o navio vai afundando supondo que esse tem que ser um navio então o que você vai ver lá na praia você vai ver isso aqui ó ó ele vai afundando; certo? Realmente, quando eu fui eu pude constatar que os navios vão sumindo, não sei se a minha capacidade de visão que não alcança até lá, mas esse movimento aqui, ó, deveria ser assim uma terra global que não deveria acontecer e isso, ó ó, ao invés de ele sumir não deveria estar se inclinando? E algo estranho, iriam ver a parte traseira do avião para cima mas essas coisas aí globalistas não explicam, a curva da  terra se distancia é maior a distância do navio até onde você pode enxergá-lo ou quando você olha na praia de um horizonte para o outro com essa linha em cima é muito maior a distância do horizonte que você pode observar na beira da praia do que a distância entre você e o navio mas no horizonte você não enxerga essa curva".


O que faltou em Alison não é "capacidade de visão", mas raciocínio lógico:

Naquela comparação do tênis virando em redor da Terra, ele não pensou na relação de tamanho do tênis para o tamanho da bola, que é muitíssimo diferente da relação do tamanho do navio para a Terra. O navio não está em redor de uma bolinha pouco maior do que ele como o tênis que Alison usa para comparação, mas em uma bola que tem uma circunferência de quarenta mil quilômetros, onde um grau de inclinação percorre mais de cento e onze quilômetros, distância maior do que a que possibilita você ver um navio, e, ainda que você usasse uma lente zoom para ver o navio, você nem perceberia um grau de inclinação.  E na realidade, você não veria de forma alguma, porque esse grau de inclinação deixa o navio muito abaixo do seu campo de visão.

 

PLANETA VÊNUS

 

 

"O nosso sistema que nos ensinaram na escola:

sol, mercúrio dentro terra também tudo bem então essa é a distância dos planetas e esse está mais perto e mais perto nós estamos aqui em um telescópio à noite você vai conseguir ver esses planetas aqui, é certo, mas alguma coisa quando a noite na terra, ela está de costas para o sol tem que ser assim a lógica global a lista tá ela está de costas para o sol como ela consegue enxergar esses planetas se nós estamos virados para cá? na lógica desses planetas, só poderiam ser vistos durante o dia quando nós estamos virados para cá mais nisso o globalismo não explicam eles não conseguem explicar essas coisas"

 

Agora eu pergunto: Você já viu o planeta Vênus à meia-noite? Tenho certeza de que não. Você só consegue ver esse planeta a leste quando está amanhecendo, ou, em outra época, a oeste quando está anoitecendo, exatamente porque ele nunca pode ficar do outro lado da Terra, podendo ser visto somente por quem está em poucos lugares da Terra onde é possível a visão alcançar a órbita dele.   Se ele está em um ponto da órbita mais afastado da da linha entre o Sol e a Terra, quem está no ponto da Terra que avista naquela direção pode vê-lo.

Só quem está no ponto da Terra onde está acabando a noite e começando o dia é que pode ver Vênus a leste, uma vez que ele está um pouco afastado da direção do Sol.  E o mesmo acontece em outra época quando ele está no outro lado da órbita, podendo ser visto por quem está no ponto da Terra onde é o começo da noite.  É por isso que nunca ninguém irá ver Vênus altas horas da noite.  Alison não pensou nisso.

Quanto aos problemas da Terra Plana, vejam  https://www.youtube.com/watch?v=e1xXKJgGLGo&t=38s

 

Ver  MAIS SANDICES RELIGIOSAS

 

..

.