O QUE MUDOU NOS PRINCÍPIOS DIVINOS

 

O que está escrito na lei divina dos judeus deveria ser cumprido para sempre, e Jesus teria dito aos seus discípulos que nada poderia ser omitido da lei.  Todavia os cristãos têm excluído muitas coisas.

 

"Portanto guardareis isto por estatuto para vós e para vossos filhos, para sempre." (Êxodo, 12: 24).  

"Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir.  Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até sem tudo seja cumprido. Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus" (Mateus 5: 17-19).

 

Mas altualmente:

 

- Nenhuma cobra ou mula diz uma palavra sequer;

- ninguém vive mais 900 anos;

- os homens não se preocupam tanto com seu prepúcio, a não ser que inflame.

- ninguém apedreja os filhos por pior que eles sejam,

nem as mulheres estupradas que não gritaram o suficiente;

- os zoófilos não são condenados a morte, nem os animais do seu relacionamento;

- os deficientes e os doentes têm livre acesso aos templos;

- os homens (cristãos) fazem a barba e se casam com apenas uma mulher;

- ninguém vende os filhos como escravos...

É tanta coisa...

Só preservam a ignorância e o que convém:

- o insensato que diz em seu coração não há deus continua amaldiçoado;

- o homem que se deita com outro homem continua sendo abominação...

 

Dos dez mandamentos que teria sido escritos por Yavé, a maioria dos cristãos excluiu a guarda do sábado. Os poucos que têm o sábado como "um sinal" "para sempre", não festejam a lua nova, fazem a barba, não vende os filhos nem aprovam mais a escravidão, não se circuncidam, não excluem os deficiente do acesso ao templo, e continuam acreditando em jumenta falante, embora nenhuma fale para eles, e acreditam que homens viveram séculos, embora os nenhum deles vivam mais do que os não cristãos.

Ver mais RELIGIÃO

 

..

.