O ANO ACABOU E O PAPA NÃO MORREU -- 01/01/2003 -

 

Quem conhece o futuro? Não é difícil encontrar fatos enquadráveis em predições. Mas, sempre que alguém anuncia o que irá acontecer, engana-se. Veja abaixo:

 

Data: sexta-feira, 1 de novembro de 2002 02:34

Olá João,

A vitória da França eu não sei, mas a conquista do pentacampeonato pelo Brasil em 30-06-2002 está citada, indiretamente, por meio da alusão à  festa da conquista em S16S17.(de fato em S17, sextilha de continuação de S16. Em S16 está a data, junho/2002)
Em 1999, um texto foi interpretado como sendo grandes tragédias que deveriam acontecer.
Provavelmente isso refere-se a C10Q072. Como é explicado lá, 07/1999 é, de fato, 09/2001; há uma diferença (proposital) de duas unidades, como em outras quadras (por exemplo, C06Q002)
 

Recebi essa mensagem em 1º/11/2002 e fui verificar.
Encontrei na página o segue abaixo em azul:

João Paulo II, O Rei Pelé, Henrique, Segundo.
 A Conquista do Pentacampeonato  de 2002. A Saúde do Papa.
César de Nostredame e o Fato Real
 
Revisão final 16-12-2002

 

XI. 16.**
En Octobre six cents & cinq,
Pourvoyeur du monstre marin
Prendra du Souverain le Cresme,
Ou en six cents & six, en Juin,
Grand Roy aux grands & au commun,
Grands faits apres ce grand Baptesme.

XI. 16
Em Outubro seiscentos e cinco

O Patrocinador do monstro marinho
Prenderá do Soberano a Crisma
Ou em seiscentos e seis, em Junho
Grande Rei aos nobres e ao comum
Grandes fatos após seu grande batismo

XI. 17
Au mesme temps un grand endurera,

Joyeux mal sain, l'an complet ne verra,
Et quelques uns qui seront de la feste,
Feste pour un seulement, a ce jour,
Mais peu apres sans faire long sejour,
Deux se donront l'un a l'autre de la teste.

XI.17
Ao mesmo tempo um grande pena
Felizes perniciosos, o ano completo  não verá
E quaisquer uns que estejam na festa (do penta)
Festa somente por um, a seu dia
Mas pouco depois sem fazer longa residência
Dois se verão l'un a l'autre   pela testa
(frente a frente)

    [ Estamos cancelando todas as Notas e revisões anteriores, pois entendemos ter  estabelecido a identidade de todas pessoas citadas nas duas sextilhas. Como a revisão de 06-12-2002 praticamente encerra ambas, ficaremos apenas devendo a identificação explícita do patrocinador do monstro marinho. É uma personalidade que permitirá, voluntária ou involuntariamente,  que l'onde invada a Itália. Oportunamente será identificado ou talvez nem mesmo precise, pois será de conhecimento público. Com isso entendemos, a menos da divulgação dessa identificação que já foi efetivamente realizada, que ambas as sextilhas estão fechadas, sendo esta a revisão final. Haverá outras revisões, mas que dificilmente virão a mudar substancialmente as situações citadas em ambas]

          Vamos, antes de mais nada, estabelecer a tabela para as duas datas. A data-base a ser aplicada é a de 20-01-1951. Só para lembrar, a "escadinha acima" soma o número de anos ao ano de 1951 e depois o número de meses que restaram. A "escadinha abaixo" subtrai o número de meses, após somar o número de anos.

    Exemplo:

    605 => 600 + 5 => 50a ±  5 m => 52a ± 3m. Aplicando a escala abaixo teremos:

    290-01-1951+52 = 20-01-2003

    20-01-2003 - 3m => 20-10-2002.

Meses

 

Escadinha acima

Escadinha abaixo

605 em Outubro

50a ± 5m

JUN/2001

Não aplicável

 

51a ± 4m

MAI/2002

Não aplicável

 

52a ± 3m

ABR/2003

OUT/2002

606 em Junho

50a ± 6m

JUL/2001

Não aplicável

 

51a ± 5m

JUN/2002

Não aplicável

    A tabela ilustra alguns possíveis valores, mas observemos que para chegar às duas coincidências, 605 em outubro e 606 em junho, o único ano que admite as duas combinações é exatamente 2002, considerada a data base de 20-01-1951.

A Sextilha 16

       A Sextilha 16, (S16S17) fala do fato real, que tem alguns seus momentos iniciais em 20-06-2002. Por conseguinte, os primeiros momentos desse acontecimento já se foram. É importante compreender que um evento exige a ocorrência de outros eventos que devem necessariamente antecedê-lo.

      O primeiro e segundo e terceiro versos falam da ascensão no Vaticano, em outubro, de um personagem, que acabará por permitir a invasão da Itália  por l'onde. Como l'onde (C05Q055) irá invadir a Itália pelo mar, Nostradamus chama o personagem do Vaticano de  Pourvoyeur du monstre marin. Essa ascensão em outubro/2002 significa a nomeação para um cargo de muita importância na hierarquia do Vaticano.

     A invasão da Europa, em particular da Itália, por l'onde, se dará  por volta de 2007/2008. Os versos também estão relacionados com o que chamamos de Queda e Soerguimento do Cristianismo, cujos eventos iniciais terão início aqui no Brasil, em particular na Cidade do Rio de Janeiro.(ver Fato Real)

    Aqui é citado o seu patrocinador e é dito que em outubro/2002 ele terá as rédeas do Vaticano ainda que não de forma explícita. E isso já aconteceu, face às nomeações efetuadas por João Paulo II no Vaticano, divulgadas em 01-10-2002. A rigor o período começaria em 20/10/2002. No entanto, o que é feita é a menção ao mês, outubro. Isto é, o valor 605 estaria indicando o mês (outubro) e não o período.

    Os três primeiros versos por conseguinte, antecipam a grande aflição ao cetro que haverá por volta de 2007/2008.

     O quarto verso fala de uma data, ou seja, seiscentos e seis em junho. Ali se fala de um grande rei aos grandes e ao comum. Em conjunto com o terceiro verso de XI.17 (Et quelques uns qui seront de la feste) ele estabelece a menção à festa da conquista do pentacampeonato pela seleção brasileira na Coréia do Sul/Japão, que ocorreu exatamente em 30-JUN-2002. Nesta festa, de acordo com o quinto verso de XI.16 (Grand Roy aux grands & au commun) estava presente Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, o grande rei aos grandes e ao comum, na cerimônia de entrega da taça e medalhas. A quadra C08Q064 também menciona Pelé.

        O sexto verso é uma menção a César de Nostredame e ao fato real, em seus eventos iniciais, que como sabemos, virá meio a um conflito (ver Fato Real). O que o verso diz é que após os primeiros atos públicos do chamado "fato real", haverá grandes fatos, muitos deles previstos nesta hp. A eclosão efetiva do fato real (fatos externamente mais visíveis e contundentes) deverá se dar  em dezembro-2002/ janeiro-2003.

        É feito um paralelo entre o fato real (batismo) e a grande aflição do cetro (a crisma).   

         A Sextilha 17

        A sextilha 17 começa por citar o sofrimento do Papa João Paulo II, face ao seu precário estado de saúde. Esse fato refere-se a JUN/2002. O Vaticano passou a ser administrado por um colegiado; João Paulo II praticamente perdeu a voz. id=_x0000_s1028 style="MARGIN-TOP: 0px; Z-INDEX: 3; MARGIN-LEFT: 119.75pt; WIDTH: 159.75pt; POSITION: absolute; HEIGHT: 123.75pt; " o:allowoverlap="f" alt="" type="#_x0000_t75">

        O segundo verso diz que dois perniciosos (imorais) estariam felizes, mas  que a júbilo pelo seu restabelecimento não duraria até o ano seguinte, porque João Paulo II virá a falecer antes da virada do ano. Esta menção é encontrada em várias quadras, mas, em particular, observadas as datas, João Paulo II deverá vir a falecer ainda em dezembro/2002. João Paulo II teve uma melhoria substancial de seu quadro de  saúde pouco antes de outubro/2002, após ter passado por três meses em tratamento em Castelgandol fo, quando recuperou parte da fala. 

        O terceiro verso menciona a festa do pentacampeonato de futebol, por meio do símbolo com que ficou cunhada no Brasil. Sobretudo, a música-símbolo dessa conquista possui exatamente um  bordão cujo tema é exatamente um festa. Nesta festa, temos exatamente a pesença de Henrique, Segundo, como o personagem central nas comemorações no Palácio da Alvorada.

   

     Os quarto e quinto versos citam César de Nostredame.

    Por fim o sexto verso cita César de Nostredame e Henrique, Segundo, no desfecho do fato real, que segundo a sextilha, deverá acontecer "sem transcorrer uma longa residência". Isso provavelmente está citando um prazo de alguns meses e esse é o evento citado no primeiro verso de P038M04.  l'un e l'autre são referências a César de Nostredame e Henrique, Segundo. (ver, por exemplo, C04Q004, C01Q093, C04Q015, entre outras )

 

O fato real está caminho celeremente e de fato muitos de seus eventos já ocorreram.

 

Referências

P038M04.

 

Notas

 

16-12-2002. O nome de Chico Xavier não deve estar citado diretamente nesta sextilha.

06-12-2002
. Revisão de toda a interpretação.  Sextilhas fechadas, aguardando apenas a revelação do provedor do monstro marinho. Talvez isto leve alguns anos.

06-04-2002. Interpretação inicial."

 

Confesso que nem consegui entender a tabela do intérprete para chegar às datas de 2002.

 

Deixei isso de lado, mas, chegou o final do ano, o Papa continuou vivo, lembrei-me da interpretação.

 

Só fiquei pensando no quanto as pessoas se esforçam, criando combinações de números e inventando problemas dignos de Pitágoras, para enquadrar fatos em previsões, para, em poucos meses, verem frustradas suas previsões.

 

Encontrar fatos passados como cumprimento de previsões obscuras não é muito difícil; todavia, até o momento, praticamente tudo que os intérpretes se arriscam a mencionar do porvir não acontece.

 

A última década foi cheia de fim do mundo, terceira guerra mundial, catástrofes, etc.

Assim como as previsões do fim do mundo nos anos 1000, 1843, 1844, 1915 e outros, a última década do segundo milênio deixou o mundo inteiro, com os mesmos problemas de sempre.

 

Intérpretes de Nostradamus viram a chamada terceira guerra mundial em 1986 ou 1995 ou 1996 (As Profecias de Nostradamus, Erika Cheetham, pág. 91) e 1999, quando se falava do eclipse de 11 de agosto; agora estão prevendo-a para 2007 ou 2008. Faltam apenas 6 anos.   Parece que o que ocorre duas vezes é obrigatório acontecer pela terceira.     Mas, como várias datas já foram marcadas e passaram sem nada acontecer, não vamos nos preocupar com os que esperam uma terceira guerra mundial.   Se o papa deveria morrer e não morreu, por que esperar que se cumpram outras predições?  Imagino que ele não deverá demorar muito a falecer mesmo, mas isso é normal. 

Ver mais PREVISÕES DO FUTURO

 

..

.