PEDOFILIA DIVINAMENTE INSPIRADA


Liberdade religiosa é o argumento utilizado para prática de crime. Mas a justiça humana não se submeteu à divina dessa vez.

 

Condenado por pedofilia, líder religioso tenta anular julgamento nos EUA.
Plantão | Publicada em 07/09/2011 às 14h50m

SALT LAKE CITY - O americano Warren Jeffs, líder de uma seita poligâmica, encaminhou nesta quarta-feira um requerimento, escrito a mão, pleiteando a anulação do julgamento que o condenou a prisão perpétua por abuso sexual de menores. Jeffs, de 55 anos, alega que sua liberdade religiosa foi violada pelo tribunal.
Jeffs, líder da Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (uma dissidência dos mórmons) dispensou um advogado e defendeu a si próprio no julgamento em agosto, no qual acabou condenado a prisão perpétua e mais vinte anos de detenção.
Atualmente, Jeffs está internado em um hospital após ter feito um jejum prolongado. A promotoria não se pronunciou sobre a petição do condenado.

http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2011/09/07/condenado-por-pedofilia-lider-religioso-tenta-anular-julgamento-nos-eua-925305414.asp#ixzz1XIDXgNJH
 

"O cara foi tão burro que dispensou o advogado pensando que pudesse convencer o juiz a favor de suas loucuras, e foi condenado à prisão perpétua mais vinte anos. Como alguém consegue a proeza de pegar prisão perpétua e mais vinte anos?! E pra quê 20 anos a mais? Tão com medo dele morrer e ressuscitar feito Jesus? Estranho pra cacete esse negócio. =P

E não é que ele ainda teve a cara de pau de enviar um requerimento pleiteando a anulação do julgamento? De acordo com ele, sua liberdade religiosa teria sido violada pelo tribunal. Digo, ele alega que ele tinha direito de estuprar aquelas garotas todas por conta da sua religião e queria ser respeitado por isso. 
(http://ateusdobrasil.com.br/p/36073/)

 

A “original” Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias tem mais de 13 milhões de membros, mais de 1 milhão só no Brasil e mais 35 mil em Portugal. O patriarca e fundador da igreja Joseph Smith adotou a doutrina da poligamia por revelação divina nos primórdios da igreja, 60 anos mais tarde Wilford Woodruff, presidente da igreja na época mudou a doutrina original também por revelação divina abolindo a poligamia. (http://ateusdobrasil.com.br/p/205/)
 

Aí vemos que até liberdade religiosa é um perigo.  Enquanto os fiéis são convencidos a fazer absurdos, os canalhas chefes ainda são capazes de alegar liberdade religiosa em defesas dos próprios crimes!  E ainda hoje estamos vendo coisas piores em nome da fé. Os cristãos que atualmente ficam horrorizados ao ver pessoas queimadas vivas em nome da fé pelo Estado Islâmico parece nem terem conhecimento de que sua própria igreja, que dizem ter como fundamento um Jesus manso e humilde de coração, praticava, na Idade Média, esse terror de forma mais cruel e ainda legalmente, uma vez que tinha o poder sobre as leis.   Seguir homens que falam com seres imaginários sempre pode resultar nessas coisas hediondas.

 

Ver mais sobre os  MALEFÍCIOS DA RELIGIÃO

 

..

.