QUER PROVAR QUE A TERRA É PLANA!


O canal AcordeiTarde,
por meio de um vídeo publicado no Youtube (https://www.youtube.com/watch?v=31p6a__RZDc), pretende provar que a Terra é plana mediante um voo a trinta e três quilômetros de altura. E uma infinidade de outros vídeos apresentam também esses argumentos infantis, tentando provar que a realidade é segundo as afirmações bíblicas e as observações científicas são um engano.

 

 

Querer provar que a terra é plana afastando-se dela trinta e três quilômetros é hilariante.  Trinta e três quilômetros diante de um globo de mais de onze mil quilômetros de diâmetro é quase nada.  É como colocar um ponto a trinta e três milímetros, ou três vírgula 3 centímetros próximo de uma bola com cento e vinte metros de diâmetro.

Numa ilustração bem simples, podemos observar que

num globo de quarenta mil quilômetros de circunferência, para termos a inclinação de apenas um grau, são necessários mais de cento e onze quilômetros.  Por isso, se você estiver a trinta e três quilômetros de altura olhando para a superfície da Terra, é impossível aos seus olhos perceber um grau de inclinação em cento e onze quilômetros.

 

Conferindo o balão na figura abaixo, é possível perceber que você a essa altura sentiria estar sobre uma superfície plana.


Vejam alguns informações bem simples que dispensam a experiência de se afastar da Terra milhões de quilômetros para ficar observando-a a girar:


1- Na Segunda Guerra Mundial, os japoneses não tiveram que voar muitos milhares de quilômetros para atacar Pearl Harbor após sobrevoar o Oceano Pacífico.  Pelo mapa da Terra plana eles teriam que ter voado uma distância extremamente maior, atravessando a Ásia, a Europa e o Oceano Atlântico e depois cruzar os Estados Unidos de leste a oeste para chegar a Pearl Harbor.


2 - Quando aqui é meio-dia, no Japão é meia-noite. À medida que o GLOBO terrestre vai girando vemos essa diferença de doze horas nos dois lugares. Enquanto isso, no norte da Noruega, no fim de junho, o Sol está sendo visto vinte e quatro horas por dia, por esse local estar perto do polo.  E na Antártica, isso é visto no final de dezembro. O raciocínio lógico é que isso seria impossível se a Terra não fosse um globo.

 

3- Quando estamos na linha do Equador, o aparente caminho do Sol é uma linha reta.  À medida que nos afastamos rumo ao Sul, essa linha começa a se curvar para a esquerda, até se tornar um círculo, podendo-se ver o Sol fazendo um giro da direita para a esquerda no auge do verão, fim de dezembro.

Se formos nos afastando do Equador para o Norte, a linha aparentemente percorrida pelo Sol, vai curvando-se para a direita, até se poder ver o Sol fazendo um giro da esquerda para a direita no verão, fim de junho.

Esse aparente caminho do Sol é a prova mais simples de que a Terra é um globo que gira dando uma volta em torno de si mesma no decorrer de um dia e uma noite.


Todo o ridículo esforço para provar que a Terra é plana decorre das tentativas de provar que um livro escrito por um povo primitivo esteja dizendo a verdade e a Ciência seja um engano.

 

Como seria o eclipse lunar com a Terra plana

 

 O  eclipse lunar é a projeção da sombra da Terra na Lua.  Se ela fosse plana, levando em consideração que o eclipse lunar sempre ocorre no início da noite de lua cheia, o eclipse seria assim:

 

 

 

Ver no Youtube o vídeo que destrói o argumento dos terraplanistas: https://www.youtube.com/watch?v=-IZzai8SDMo

 

 

Ver mais SANDICES RELIGIOSAS

 

..

.