RELIGIÃO É UMA OFENSA À HUMANIDADE

 

Quando a Bíblia chama o homossexual de abominável, digno de morte, será que isso não é ofensivo?
Quando a Bíblia incentiva a escravidão, será que isso não é ofensivo?
Quando o alcorão orienta o marido a bater em sua esposa, será que isso não é ofensivo?
E vocês ainda vêm com esse papo de que as religiões devem ser respeitadas!
Elas são em si mesmas uma ofensa à humanidade civilizada.

Por isso, não nos esquecemos delas e seus seres imaginários que inspiram ódio, obstáculos ao avanço científico, desrespeito aos direitos humanos, terrorismo, toda sorte de barbaridade em nome de uma pretensa verdade.

Como nós seres racionais poderíamos hoje acreditar que exista um ser onisciente, onipotente, justo e bom, mas que teria aprovado tanta crueldade?  Como aceitar que uma natureza onde a vida de uns depende do sofrimento de outros tenha sido criada por um ser bom? Como não perceber que esse ser chamado deus é produto do pensamento primitivo de um dos animais mais cruéis do planeta?

O pensamento religioso é muito menos justificável do que o instinto assassina do escorpião e de da serpente.  A serpente mata para se defender e para se alimentar; os religiosos torturam, matam e acham justo uma tortura sem fim para os outros, simplesmente para satisfazer a sede vingança de um ser imaginário.

 

Ver mais sobre os  MALES DA RELIGIÃO

 

..

.