.

 

O TERCEIRO SEGREDO DE FÁTIMA E A CABEÇA DA BESTA EM 2010

29/01/2010

.

Os intérpretes do Apocalipse sempre estão inovando.  Cada data marcada que passa dá lugar a nova interpretação.  Segue aqui abaixo um novo enquadramento da Besta do Apocalipse e do Terceiro Segredo de Fátima, que, como os demais, deverá ser substituído por outro daqui alguns anos.

 

"Previsões 2010

Que os habitantes do Planeta Terra não se assustem; no ano de 2010 acontecerá o que a Igreja Católica sempre escondeu da Humanidade, ou seja: O TERCEIRO MISTÉRIO DE FÁTIMA, assim como, O AVISO E O MILAGRE DE GARABANDAL-ESPANHA.  O ápice desta revelação será a: IDENTIFICAÇÃO DA CABEÇA DA BESTA DO APOCALIPSE O 666.

Leia o resumo abaixo:

UMA MENSAGEM DOCE E AMARGA

COISAS QUE TÊM DE OCORRER EM BREVE

POIS OS TEMPOS SÃO CHEGADOS

O APOCALIPSE REESCRITO SEM ENIGMAS

A DESCOBERTA DO ENIGMA - O NÚMERO 666

Reza o Apocalipse que a Besta poderia dizer Grandezas e Blasfêmias por 42 meses, acrescentando que o seu número era o 666 (Apocalipse Capítulo XIII – vv. 5 e 18).
NOTA: Neste caso usaremos o CALENDÁRIO MULÇUMANO ou ISLÂMICO, ou seja, Calendário Lunar. Neste calendário os meses fazem ciclos de 30 anos.

 

Examinando-se a importância dos símbolos naquela época e seguindo o rumo certo das interpretações podemos tomar cada mês como sendo de 30 anos, em vez de 30 dias (CICLOS DE 30 ANOS), obtendo, desse modo, um período de 1260 anos comuns, justamente o período compreendido entre 610 e 1870 (1870 – 610 = 1260), da nossa era, quando o Papado se consolidava, após o seu surgimento, com o Imperador Focas, em 607. A decisão imperial faculta aos bispos de Roma prerrogativas e direitos até então jamais justificados. Entronizam-se, mais uma vez, o orgulho e a ambição da cidade dos Césares. Em 610, Focas é chamado ao mundo dos invisíveis, deixando no orbe a consolidação do Papado. Dessa data em diante, ia começar um período de 1260 anos de amarguras e violências (exemplos: Cruzadas, Inquisição etc…) para a civilização que se fundava, culminando com o decreto da INFALIBILIDADE PAPAL com Pio IX em 1870, que assinalou a decadência e a ausência de autoridade do Vaticano, em face da evolução científica, filosófica e religiosa da Humanidade.


Infalibilidade Papal: Dogma proclamado em 1870 pelo CONCÍLIO DO VATICANO I, segundo o qual o Papa, no exercício solene de seu ministério docente, não pode enganar em matéria de fé.

 

PROVAÇÕES DA IGREJA

 

Aproximando-se o ano de 1870, que assinalaria a falência da Igreja com a declaração da Infalibilidade Papal, o Catolicismo experimenta provações amargas e dolorosas.


Exaustos de suas imposições, todos os povos cultos da Europa não enxergaram nas suas instituições senão escolas religiosas, limitando-se-lhes as finalidades educativas e controlando-se-lhes o mecanismo de atividades.

 

Compreendendo que o Cristo não tratara de açambarcar nenhum território do Globo, os italianos, naturalmente, reclamaram os seus direitos no capítulo das reivindicações, procurando organizar a unidade da Itália sem a tutela do Vaticano. Desde 1859, estabelecera-se a luta, que foi por muito tempo prolongada em vista da decisão da França, que manteve todo um exército em Roma para garantia do pontífice da Igreja. Mas a situação de 1870 obrigara o povo francês a reclamar a presença dos guardas do Vaticano, triunfando as idéias de Cavour e privando-se o papa de todos os poderes temporais, restringindo-se a sua posse material.

Começa, com Pio IX, a grande lição da Igreja.

 

O período das grandes transformações estava iniciado, e ela, que sempre ditara ordens aos príncipes do mundo, na sua sede de domínio, iria tornar-se instrumento de opressão nas mãos dos poderosos.

 

Observava-se um fenômeno interessante. A Igreja, que nunca se lembrara de dar um título real à figura do Cristo, assim que viu desmoronarem-se os tronos do absolutismo com as vitórias da república e do Direito, construiu a imagem do Cristo-Rei para o cume dos seus altares.

 

O NOME DA FERA OU O NÚMERO DO SEU NOME

 

“E ela põe a todas as pessoas sob compulsão, pequenos e grandes, e ricos e pobres, e livres e escravos, para que dêem a estes uma marca na sua mão direita ou na sua testa, e para que ninguém possa comprar ou vender, exceto aquele que tiver a marca, o nome da Fera ou o número do seu nome.

 

Aqui é que está a sabedoria: Quem tiver inteligência calcule o número da Fera, pois é número de homem; e o seu número é 666 (seiscentos e sessenta e seis).” ___ (Apocalipse: Cap. 13 – vv. 16 a 18).

 

A Fera tem nome, e este nome é um número: 666. Seis, como número, está associado com inimigos de Deus.

 

“Sendo Roma a única cidade no mundo assentada sobre sete montes, e afirmando o anjo que “as sete cabeças são os sete montes sobre os quais está sentada a Mulher” (Apocalipse Cap. XVII – vv. 9 e 10), vamos ver se ela (Roma) tem o número fatídico, visto pelo profeta.


Roma, em hebraico, é ROMIITH. Se aproveitarmos as letras-algarismos usadas em hebraico e as somarmos, verificaremos que coincidem, exatamente, com a vidência do Apóstolo João.

Assim:
R       O   M      I       I       T    H

200 + 6 + 40 + 10 + 10 + 400 = 666


Mas João acrescenta que o número da Besta é número de um Homem (Apocalipse Capítulo XIII, 18).

 

“Mas nas suas cabeças, nomes blasfemos.” ___(Apocalipse capítulo 13 vv. 1)


Explicando melhor, estes nomes blasfemos correspondem aos títulos em latim que o Papa intitulou para si mesmo.

 

O Papa - Sumo-Pontífice da Igreja Romana – O Falso Profeta, em uma de suas Encíclicas Papais-Documentos ditou o princípio de que teria os títulos em latim de:

 

VICARIVS GENERALIS DEI IN TERRIS

VICARIVS FILII DEI

DVX CLERI

Que significam:

VIGÁRIO-GERAL DE DEUS NA TERRA

VIGÁRIO DO FILHO DE DEUS

PRÍNCIPE DO CLERO

 

Sem nos referir-nos às interpretações com os números gregos, em seus valores, devemos recorrer aos algarismos romanos, em sua significação, por serem mais divulgados e conhecidos.

Bastará ao estudioso um pequeno jogo de paciência, somando os algarismos romanos encontrados em cada título papal (desprezadas as demais), a fim de encontrar a mesma equação de 666, em cada um deles.

Somar somente as letras correspondentes aos algarismos romanos:

V=5 ; I=1 ; C=100 ; L=50 e D=500

VICARIVS GENERALIS DEI IN TERRIS

5+1+100+1+5 +50+1 +500+1+1+1 = 666

VICARIVS FILII DEI

5+1+100+1+5 +1+50+1+1+500+1 = 666

DVX CLERI

500+5+10+100+50+1 = 666

 

OS SINAIS APOCALÍPTICOS E O NÚMERO 666

A Religião romana é uma instituição em que predominam o Símbolo e o Mistério. Todos os seus sacramentos são sinais: o batismo é um sinal (diz o catecismo); a crisma é um sinal; o casamento é um sinal; enfim, todos os seus ritos não passam de sinais dos dogmas decretados pelos papas e pelos concílios, dogmas que têm por explicação final: Mistério!

 

O próprio 'deus' concebido pelo Catolicismo de Roma não passa de um Mistério. 'Em Deus há três pessoas, que formam o Mistério da Santíssima Trindade', diz o Catecismo. Sendo os Mistérios diversos, os Sinais também são muitos, para que cada sinal possa representar um mistério. Assim, temos o batismo, com um sinal na cabeça (a água); a crisma, com um sinal na face; e o casamento, com um sinal na mão, e assim por diante. Por sua vez os sacerdotes são assinalados na cabeça - a tonsura - para representar a auréola da santidade; os graduados, como os cônegos, monsenhores, bispos, trazem o anel na mão direita.

 

E, para que possam exercer o seu comércio, quer dizer, as suas relações religiosas, é indispensável o SINAL. Por exemplo: um homem ou mulher que não sejam batizados ou não sejam católicos romanos não podem participar dos sacramentos, nem mesmo indiretamente, como para batizar uma criança. O que não tiver ordens, anel ou tonsura, não podem ministrar as 'graças de Deus'. É preciso ter o nome da Besta ou o seu número. Dito isto, passemos a única cidade no mundo assentada sobre sete montes, e afirmando o anjo que 'as sete cabeças são os sete montes sobre que está sentada a mulher'(Apocalipse, XVII, 9 e 10), vamos a ver se ela tem o número fatídico, visto pelo profeta.

 

ROMA, em hebraico, é 'ROMIITH', se aproveitarmos as letras algarismos, usadas em hebraíco, e as somarmos, verificaremos que coincidem, exatamente, com a vidência do apóstolo. Assim:

R O M I I TH 200 + 6 + 40 + 10 + 10 + 400 = 666.

 

Ora, ninguém ignora que o Papa se intitula: 'VICARIVS GENERALIS DEI IN TERRIS: VICARISVS FILII DEI; DVX CLERI', ( que significam: Vigário Geral de Deus na Terra; Vigário do Filho de Deus, Príncipe Chefe do Clero). Aproveitando, em cada um desses títulos as letras que têm valor como algarismos romanos (desprezadas as mais), temos:

DO PRIMEIRO:

V I C I V L I D I I I

5 + 1 + 100 + 1 + 5 + 50 + 1 + 500 + 1 + 1 + 1 =666

DO SEGUNDO:

V I C I V I L I I D I

5 + 1 + 100 + 1 + 5 + 1 + 50 + 1 + 1 + 500 + 1 =666

DO TERCEIRO:

D V X C L I

500 + 5 + 10 + 100 + 50 + 1 =666

 

Também ninguém ignora que o idioma que a Igreja de Roma usa, em todos os seus atos oficiais, é o latino, e São Irineu, discípulo de Policarpo, lembra o nome grego Lateinos, isto é, latino, como satisfazendo plenamente a interpretação do enigma 666, proposto por São João.

L A T E I N O S

30 + 1 + 300 + 5 + 10 + 50 + 70 + 200 = 666

 

E já que analisamos o alfabeto grego para a interpretação da numeração apocalíptica, não nos esqueçamos de que TEITAN (grego) significa Satanás, e a soma das letras daquela palavra dá 666.

T E I T A N

300 + 5 + 10 + 300 + 1 + 50 = 666

Satanás é uma expressão bíblica, que longe de intitular um ente eternamente devotado ao mal, quer dizer adversário, o inimigo do Bem, da Verdade. Que o Catolicismo, com os seus dogmas, cultos e mistérios, é o Teitan (adversário) do Cristianismo, ninguém ousará negar. E como a soma dos números-letras do Papado dá o mesmo produto, ou representa a mesma cousa que os de TEITAN..

 

É interessante, ainda, a coincidência que se dá com a palavra ROMA, cujas letras estão colocadas em sentido inverso da palavra AMOR. Quereria o 'destino', em sua sábia previdência, demonstrar que ROMA, apesar de se inculcar DIVINA, seria o inverso, a antítese da Divindade?

 

O Anjo nota o espanto de João: “e o anjo disse-me assim”, prossegue João: “Por que te admiras? Eu te direi o mistério da mulher e da fera que a carrega, que tem as Sete Cabeças e os Dez Chifres”.

 

Segundo a Bíblia:

MULHER = Babilônia, a Grande – As Religiões Falsas – A Besta do Apocalipse com 10 Chifres e 7 Cabeças, sendo a Igreja Católica – o Papado - a Cabeça Principal.

Ø MAR = Multidão, Povo, Línguas;

Ø TERRA = Sistema Político;

Ø NAÇÕES = Religiões e

10 CHIFRES E 7 CABEÇAS (REIS) = 10 Papas depois da Infalibilidade Papal – Final do século XIX e início do Século XX até os tempos atuais.

 

A SEQÜENCIA DOS DEZ CHIFRES, FICARIA ASSIM:

1.LEÃO XIII - o que fez a transição da Infalibilidade Papal – Século XIX para o Século XX, o primeiro Chifre.

2.SÃO PIO X – Posse em 1903 ___ Em 1909, quando concedia uma audiência, o Papa Pio X sentiu-se mal. Ao recobrar a consciência disse: O que vejo é terrível. Serei eu? Será o meu sucessor? Simplesmente previu o que aconteceria com O ÚLTIMO PAPA (BENTO XVI), ou seja, o certo é que o Papa sairá de Roma e, ao deixar o Vaticano, terá de caminhar sobre os cadáveres de seus Sacerdotes-Cardeais.

3.BENTO XV – Posse em 1914

4.PIO XI – Posse em 1922

5.Pio XII – Posse em 1939

6.JOÃO XXIII – Posse em 1958 ___ O que, em 1960, leu o Terceiro Mistério de Fátima e se calou para o mundo. Ano em que foi estampado o “Mistério da Santíssima Trindade, o Imaculado Coração de Maria-Nossa Senhora de Fátima lacrimejando, a Lançada e a Chaga do Flanco executada pelo Centurião Longinus e o Santo Graal – O Cálice e a Hóstia Sagrada” na cabeceira da cama do Espírito de Verdade - Pe. Ananias de Paula Vieira na Cidade Santa – Oliveira (MG) – A NOVA JERUSALÉM DA HUMANIDADE – O MONTE DAS OLIVEIRAS DO OCIDENTE – O MONTE SIÃO CELESTIAL.

7.PAULO VI

8.JOÃO PAULO I – Posse em 1978 morreu em 28.09.78 permaneceu 34 dias no poder.

9.JOÃO PAULO II - João Paulo II conforme as profecias de São Malaquias receberia o Lema-Emblema de: DE LABORE SOLIS (e que quer dizer do trabalho ao sol). Este Lema-Emblema justifica-se devido ao trabalho incessante do “Papa da Paz” como ficou conhecido, ter lutado contra as injustiças que a própria Igreja tinha cometido. João Paulo II foi o Papa que teve a coragem de pedir perdão pelos 2000 anos das iniqüidades da Igreja católica. João Paulo II deixou sua marca na história do cristianismo por ter sido um papa conciliador, ter pedido perdão por erros históricos da Igreja. Apesar de não ter mencionado erros específicos, diversos cardeais reconheceram que o Papa se referia às injustiças e intolerância do passado relativamente aos não-católicos. Na relação, pode-se identificar o período das Cruzadas, da Inquisição e a apatia da Igreja. Devido a todo este trabalho, o Papa João Paulo II é merecedor deste emblema: “do trabalho ao sol”; pois, como disse São Francisco de Assis: “Senhor! Onde houver trevas que eu leve a luz”, foi o que este Papa da Paz tentou levar a toda a Humanidade.

Por fim chegamos ao último chifre, ou seja:

10.CARDEAL JOSEPH RATZINGER - BENTO XVI - a confirmação de uma antiga profecia, do século VI, de que um membro da ordem dos beneditinos conduziria os católicos às vésperas do Apocalipse. O Papa Bento XVI é o último Pontífice.

 

“O Papa Benedicto XVI - Bento 16, para nós - passou seu seminário e ascendência clerical sob o codinome de “Oliveira”, em alusão à parábola das Oliveiras ou ao Getsêmani, em Israel”. Malaquias considerava o “penúltimo Papa” (profecia dupla) com esse nome, ou seja - Gloria da Oliveira - e aquele que não conseguirá unir os povos nem recuperar a mulher para a Igreja [de Constantino].

 

PÉRGAMO
Viajando 80 quilômetros de Esmirna para o norte, pela estrada costeira, e depois uns 24 quilômetros pra o interior, através do vale do rio Caico, chegamos a Pérgamo, agora chamada Bergama. A cidade era famosa pelo seu templo de Zeus, ou Júpiter. No século 19, arqueólogos transportaram o altar deste templo para a Alemanha (País de nascimento do atual Papa Bento XVI – a última cabeça da Besta do Apocalipse), onde ainda pode ser visto, junto com muitas estátuas e relevos de deuses pagãos, o Museu de Pérgamo em Berlim Oriental. Que mensagem enviaria o Senhor Jesus à congregação que vivia no meio de toda esta idolatria?

Primeiro, Jesus identifica o Consolador Prometido – O Espírito de Verdade, dizendo:

“E ao anjo da congregação em Pérgamo escreve: Estas coisas diz aquele que tem a longa espada afiada de dois gumes.” ___ Apocalipse 2:12. O Consolador Prometido – O Espírito de Verdade como Juiz e Executor, ele abaterá os que perseguem os discípulos de Jesus. Quão consoladora é esta certeza! Quanto ao julgamento, porém, que os dentro da congregação também fiquem advertidos de que Deus e Jesus, agindo por meio deste “mensageiro do pacto”, O Espírito de Verdade – O Filho do Homem, “tornar-se-á testemunha veloz” contra todos os professos cristãos que pratiquem a idolatria, a imoralidade, a mentira e a desonestidade, e que deixem de cuidar dos necessitados (Malaquias 3:1, 5; Hebreus 13:1-3) O conselho e a repreensão que Jesus faz O Consolador Prometido transmitir precisam ser acatados!
 

Jesus por meio do Consolador diz então à congregação:

“Sei onde estás morando, isto é, onde está o trono de Satanás.” ___ Apocalipse 2:13a.
Deveras, aqueles cristãos achavam-se rodeados pela adoração satânica. Além do templo de Zeus, havia um santuário dedicado a Esculápio, o deus da medicina. Pérgamo era também famosa como centro do culto ao imperador. A palavra hebraica traduzida “Satanás” significa “Opositor”, e o “trono” deste representa seu domínio mundial, permitido por Deus por algum tempo. (Jó 1:6). A profusão de idolatria em Pérgamo mostrava que o “trono” de Satanás estava firmemente fixado naquela cidade.

Nos tempos atuais este “trono” se encontra fixado na cidade do Vaticano.

Sim, “o trono de Satanás” está ali mesmo em Pérgamo e atualmente no Vaticano. “Contudo”, prossegue Jesus, “persistes em apegar-te ao meu nome e não negaste a tua fé em mim, mesmo nos dias de Ântipas, minha testemunha, o fiel, que foi morto ao vosso lado, onde Satanás está morando”. ___ Apocalipse 2:13b.

 

Na Quadra 91 Centúria X, do profeta MICHEL DE NOSTRADAMUS, temos a continuação do que seria o JUÍZO FINAL.

 

No ano de 1609, o clero romano, no início do ano, terá uma eleição; alguém de cinza e negro virá da Campânia; nunca houve ninguém tão maligno quanto ele.”

 

Neste caso podemos tirar a seguinte conclusão:

Se somarmos os algarismos do ano de 1609 teremos como resultado o número 16 (dezesseis), ou seja, 1 + 6 + 0 + 9 = 16.

No início do ano de 2005, teve uma eleição de um novo papa (ABRIL DE 2005), no qual o CARDEAL JOSEPH RATZINGER recebeu como título BENTO XVI (dezesseis). Alguém de cinza e negro virá da Campânia; nunca houve ninguém tão maligno quanto ele. Neste caso o Cardeal Joseph Ratzinger – Bento XVI representa neste ato A CABEÇA DA BESTA sendo comparado AO PRESIDENTE DA INQUISIÇÃO quando da sua implantação.


A INQUISIÇÃO

 

Muito pouco valeram as lições do bem, diante do mal triunfante, porque em 1231 o Tribunal da Inquisição estava consolidado com Gregório IX. Esse instituto, ironicamente, nesse tempo não condenava os supostos culpados diretamente à morte ___ pena benéfica e consoladora em face dos martírios infligidos aos que lhe caíssem nos calabouços ___, mas podia aplicar todos os suplícios imagináveis.

 

A repressão das “heresias” foi o pretexto de sua consolidação na Europa, tornando-se o flagelo e a desdita do mundo inteiro.

 

Longo período de sombras invadiu os departamentos da atividade humana. A penumbra dos templos era teatro de cenas amargas e sacrílegas. Crimes tenebrosos foram perpetrados ao pé dos altares, em nome dAquele que é amor, perdão e misericórdia. A instituição sinistra da Igreja ia cobrir a estrada evolutiva do homem com um sudário de trevas espessas. Há quem tente justificar esses longos séculos de sombra pelos hábitos e concepções daquele tempo. Mas, a verdade é que o progresso das criaturas poderia dispensar esse mecanismo de crimes monstruosos. Por isso, nos débitos romanos pesam essas responsabilidades tão tremendas quão dolorosas.

 

A INQUISIÇÃO FOI OBRA DIRETA DO PAPADO, e cada personalidade, como cada instituição, tem o seu processo de contas na JUSTIÇA DIVINA. Eis por que não podemos justificar a existência desse TRIBUNAL ESPANTOSO, cuja ação criminosa e perversa entravou a evolução da Humanidade por mais de seis longos séculos.

 

PETRUS ROMANUS

Pedro Romano

O Último Papa

 

In persecutione extrema S.R.E. sedebit Petrus Romanus” qui pascet oves in multis tribulationibus: quibus transactis civitas septicollis diruetur, Iudex tremendus iudicabit populum. Finis.

 

Ou traduzindo:

“Na extrema perseguição da Igreja Romana sentará Pedro Romano, que apascentará suas ovelhas entre múltiplas tribulações: as quais transcorridas, a cidade das sete colinas será destruída e o Juiz tremendo julgará o povo e então será o Fim.”

 

Segundo este lema, este seria um tempo de uma dura perseguição à Igreja Católica. A profecia se refere a muitas tribulações e sofrimentos pelos quais passarão os cristãos na época desse Papa.

 

Com este último lema, a profecia de São Malaquias refere-se ao fim da Igreja Católica Apostólica Romana e esse, com certeza é um aviso final das mudanças que hão de vir sob o pontificado desse Papa. Com Pedro no Trono, haverá uma reformulação do que é hoje a Igreja Católica, ajustando-se a uma mudança de ciclo.

 

Assim a história do Papado e da Religião de São Pedro terminará como começou, com Pedro, o próximo e último Papa da Igreja Católica Apostólica Romana.

 

OS DOIS ÚLTIMOS PAPAS DEPOIS DE BENTO XVI

 

___ O Padre Eterno (O Anticristo – O Espírito da Verdade) – Pe. Ananias receberá o título Papal, por ironia, é claro, pois, conforme as profecias de São Malaquias o sucessor de Bento XVI receberia como emblema “GLÓRIA OLIVAE ___ GLÓRIA DA OLIVEIRA”; curiosamente, os beneditinos são também conhecidos pelo nome de “OLIVETANOS”, coincidência com Oliveira (MG) – O Lugar da Divina Revelação.

 

Nostradamus previu em sua Centúria X – Quadra 96, a vitória das duas testemunhas fiéis os dois últimos papas, vejamos:

 

CENTÚRIA X - QUADRA 96

Religion du nom des mers vaincra,

Contre le secte fils Adaluncatif,

Secte obstinee deploree craindra,

Des deux blessez par Aleph & Aleph.

 

A religião nomeada dos mares será vencida, contra a seita do filho Adaluncatif; a teimosa e lamentável seita temerá dois homens feridos por A & A.

 

O NOME DAS DUAS TESMUNHAS FIÉIS ALLAN KARDEC & Pe. ANANIAS, ou seja, A & A.

O Codificador do Espiritismo e o Executor da Doutrina Consoladora – O Anticristo – O Espírito da Verdade.

 

Depois do cumprimento desta profecia, SÃO PEDRO/ALLAN KARDEC volta ao trono para pastorear toda a humanidade com o emblema: “PETRUS ROMANUS”. “EU SOU O ALFA E O ÔMEGA – O PRINCÍPIO E O FIM”.

 

A TIARA ESPIRITUAL

Tiara Espiritual significa AUTORIDADE MORAL E RELIGIOSA, e não poder supremo efetivo, como dos Papas.

 

Allan Kardec, o Codificador da Doutrina e o Espírito da Verdade – O Padre Eterno – O Executor da Doutrina, serão reconhecidos pelos Espíritas do mundo inteiro, e agora por todos os Cristãos Restaurados devido a esta revelação do “Segredo Sagrado de Deus”.

 

O título de Sumo-Sacerdote, de Pontífice, de Papa mesmo não será espontaneamente dado a Allan Kardec e ao Espírito da Verdade (O Padre Eterno)? Sobretudo pelos vossos adversários e por ironia, eu o sei, mas não deixam de ser o indício do gênero de influência que vos reconhecem; pressentem o vosso papel e esses títulos vos ficarão.

 

Em suma, os dois conquistarão, sem procurá-la, uma posição moral que ninguém poderá vos retirar, porque, quaisquer trabalhos que se possam fazer depois deles, ou concorrentemente com eles, não sereis menos o Fundador e Executor reconhecido da Doutrina. Desde esse momento, Allan Kardec e o Espírito da Verdade – Pe. Ananias, possuirão, pois, em realidade, A Tiara Espiritual, quer dizer, A Supremacia Moral.

 

Depois do cumprimento desta profecia, São Pedro volta ao trono para pastorear toda a Humanidade com o Lema-Emblema: “PETRUS ROMANUS”.

 

E, depois da destruição do mundo antigo, a esperança, a renovação de todas as coisas, o início de uma Nova Era: “EU SOU O ALFA E O ÔMEGA, o princípio e o fim. E àquele que tiver sede, lhe darei a beber a água da fonte da vida”, diz Deus a João.

 

NOTA: A água da fonte da vida, para os astrólogos: ERA DO AQUÁRIO – renasce a esperança de reabilitar o homem ao seu lugar, mais humano, sem fronteiras para o seu mundo material e espiritual.

 

O APÓSTOLO DESCONHECIDO

OBS: O primeiro Papa depois de São Pedro, de acordo com as pesquisas feitas, continua até hoje sem se saber quem foi, ou seja, de acordo com a Enciclopédia Delta Larousse este Pontífice é chamado de “Apóstolo Desconhecido” – mistério! O Papa seguinte é São Lino tendo o início de seu papado no ano de 67 d.C.

 

O Pe. Ananias sendo a reencarnação do Apóstolo João – O Discípulo Amado, e este sendo o último Apóstolo a morrer; por que não ter sido este Santo Homem, o primeiro pontífice depois de São Pedro – O Apóstolo Desconhecido para dar cumprimento a este enigma?


Os incrédulos rirão dessas coisas, e as tratarão por quimeras; mas digam o que disserem, eles não escaparão à lei comum; cairão a seu turno, como os outros, e, então, o que será deles? Eles dizem: NADA! Mas viverão a despeito de si mesmos, POIS OS TEMPOS SÃO CHEGADOS e serão a partir de agora forçados a abrir os olhos.

 

VISÕES DO FUTURO: OS SINAIS DO APOCALIPSE

NOSTRADAMUS SE EQUIVOCOU?

SEGREDOS DAS CENTÚRIAS

1999: A TERRA MERGULHADA EM TREVAS

Entre os sinais do fim do mundo, segundo, principalmente, – O Espírito de Verdade ou O Espírito da Verdade, estariam a hipocrisia das grandes nações, que de um lado defendem a paz e de outro se armam; a decadência do sistema econômico, onde prevê o fim dos papéis e moedas, esgotados e perturbados pelas dívidas públicas; o fim da civilização de consumo; e a fuga do atual papa, Bento XVI, para a França, este fato coincide com (a vinda - Advento do Consolador Prometido – O Espírito de Verdade) e será o sinal de que Bento XVI o Papa atual deve dar lugar ao Papa Gloria Olivae – Glória da Oliveira – Pe. Ananias de Paula Vieira.


Até aqui só discutimos as partes das profecias que, bem ou mal, confirmam que Nostradamus era um historiador. Ou seja: profecias que, para a maioria dos estudiosos do profeta, já se deram.

 

Mas Nostradamus afirma que suas profecias vão do século XVI a exatamente 1999, se aceitarmos o que dizem seus estudiosos. Para Espírito da Verdade, a última quadra profética de Nostradamus refere-se a julho de 1999 (neste caso quando se daria a Identificação da Cabeça da Besta do Apocalipse - 1666), quando será iniciada a Guerra do Anticristro O Armagedom, que deve marcar o fim da era de Peixes e da civilização judaico-cristã.

 

Um fato interessante e que deve ser levado em conta: Nostradamus sempre evita datar o momento exato em que deve ocorrer a profecia. Mas não nesse caso. Na décima Centúria, quadra 72, ele prevê:

L’na mil neuf cents nonante neuf sept mois,

Du ciel viendra un grand Roy d’Angolmois,

Avant apres Mars regner par boheur. (X, 72).

 

Nostradamus, assim, atevê que “no ano de 1999, sete meses (julho), virá pelos ares um grande chefe apavorante __ que fará reviver o grande conquistador de Angolmois __, antes e depois, a guerra reinará pela felicidade”.

 

Com isso, Nostradamus confirma a maioria dos profetas que prevêem, para o novo milênio que se inicia, ou seja, para o começo do século XXI, o início do fim da civilização e do mundo moral da forma que o conhecemos ___ mas confirma também que, mais tarde, “a guerra reinará pela felicidade”, com a chegada de um novo tempo: A Era de Aquário – A Regeneração do Planeta Terra.

 

A quadra ainda cita o rei que virá pelos ares e que “fará reviver o grande conquistador de Angolmois”. Esse conquistador foi Átila, o huno ___ o que, mais uma vez, confirmaria a tese que o Anticristo – O Espírito da Verdade seria comparado com um líder político e militar não-cristão. A palavra 'Angelmois', em francês antigo, quer dizer 'Aquele nascido de berço angélico' (Angelique + mois = Angélico + berço).

 

Há uma outra curiosidade em relação a essa quadra: desde a Bíblia sabe-se que o número da chamada “Besta do Apocalipse” é 666. Ora, 1999 e 666 são algarismos no mínimo parecidos.

 

Se pegarmos “O ANO DE 1999 E SETE MESES” e colocarmos este numeral 1999 de cabeça para baixo, invertê-lo, teremos o número 1666. Por isso, alguém que esteja ligado ao número 1, está conectado a uma energia de ação, criatividade e liderança, com isso concluímos:

• 1 corresponde à LIDERANÇA – CABEÇA – IGREJA CATÓLICA-PAPADO -VATICANO;

• 666 o número da BESTA DO APOCALIPSE;

• 7 MESES podemos assim concluir com o mês de nascimento do ANTICRISTO, ou seja, JULHO DE 1961.  A palavra 'Angelmois', em francês antigo, quer dizer 'Aquele nascido de berço angélico' (Angelique + mois = Angélico + berço).

Roma nefans destruitor et judex tremendus judicabit triumphans omnes populos. 'Roma criminosa será destruída e o Tremendo Juiz (Hercólubus) julgará triunfante todas as nações.'

 

• 7 MESES também é igual ao tempo do falecimento do Codificador do Espiritismo-Allan Kardec em março de 1869 e o nascimento do Espírito de Verdade – O Executor do Espiritismo – Pe. Ananias de Paula Vieira em 10 de outubro de 1869, portanto, 7 meses de diferença.

 

Nesta predição angustiante Nostradamus vê o fim do mundo. Esta data coincide também com o fim do poder da besta, ou seja, ano de 1870 com a decretação da Infalibilidade Papal que assinalou a decadência e a ausência de autoridade do Vaticano (A CABEÇA DA BESTA), em face da evolução científica, filosófica e religiosa da Humanidade.

 

CENTÚRIAS: UMA OBRA DE MÚLTIPLAS LEITURAS

Certamente, pouquíssimas pessoas ainda não ouviram alguma menção sobre Nostradamus. Muita gente deve conhecer alguns detalhes da vida desse profeta francês do século XVI e de suas (usualmente) graves predições, nas quais se viram, através de um texto obscuro e complexo, fatos como a Revolução Francesa ou as batalhas que precederão O Armagedom – A Terceira Guerra Mundial – A Verdadeira Guerra Santa.

 

É curioso verificar a popularidade desfrutada por Nostradamus até hoje. Suas profecias foram expressas tão hermeticamente (ele temia ser perseguido pela Inquisição) que se torna improvável sua decifração integral. Algumas estrofes, é certo, são mais facilmente decodificáveis; as outras, porém, continuam à espera dos “iniciados – como o Intérprete da Lei na atualidade” que, segundo o vidente francês, entenderiam integralmente o que ele disse.

 

O FIM DO VATICANO?

“E a um eclipse do Sol sucederá o mais escuro e o mais tenebroso verão que jamais existiu desde a criação até a morte e paixão de Jesus Cristo, e de lá até esse dia, e isto será no mês de outubro, quando uma grande translação se produzirá de tal modo que julgarão a Terra fora da órbita e abismada em trevas eternas.”

Trecho da Carta a HENRIQUE II, escrita em 14 de março de 1547

 

“No lugar onde Deus fundou sua Igreja, haverá uma revolução tão grande e tão súbita que nenhum lugar, nenhuma terra serão poupados. A revolução atingirá a Toscana depois dos JOGOS OLÍMPICOS.” (VIII, 16)

 

“Oh, vasta Roma, tua ruína se aproxima, não a dos teus muros, mas a do teu sangue e a de tua substância. A maldade fará um atentado tão terrível por meio da literatura que todos serão perseguidos.” (X, 65)


A MORTE DO PAPA BENTO XVI EM LYON NA FRANÇA

 

Nostradamus não faz apenas uma quadra contando esse fato, terrível para ele, católico fervoroso. Nesta quadra das Centúrias reafirma:

“Depois da vitória do chefe violento em Lyon, um sétimo de milhões de soldados será aniquilado nos Alpes. O Papa encontrará sua morte e sepultura em Lyon.” (VIII, 34)

 

Há mais. Nostradamus, ainda nas Centúrias, adverte o Papa para que não se aproxime da cidade francesa banhada por dois rios – Lyon. A tradução da Centúria II quadra 97 seria: “Papa romano, não te aproximes da cidade que é banhada por dois rios (Lyon). Teu sangue e o dos teus correrá perto desse lugar, quando a esquerda (O ESPIRITISMO – A TERCEIRA REVELAÇÃO DE DEUS) subir ao poder.”

 

NOTA: Lyon-França é a cidade de nascimento de Allan Kardec (O CODIFICADOR DA DOUTRINA CONSOLADORA – O ESPIRITISMO).

 

“Aquela Mulher Jezabel”

Nota: Nos nossos estudos neste Código Divino-Codex 666 façamos uma pequena comparação entre a “Jezabel” de antigamente com a “Jezabel” moderna.

Jezabel, nos tempos atuais, é considerada a “Igreja Católica Romana – Vaticano – A Cabeça da Besta do Apocalipse”; sendo que o conjunto de todas as doutrinas existentes na face da Terra como sendo a: Babilônia, a Grande – As Religiões Falsas.

 

Os olhos ardentes de Jesus penetraram ainda mais a fundo. Ele nota algo que exige atenção imediata: “Não obstante”, diz Ele aos cristãos em Tiatira (na atualidade a todos os habitantes da Terra):

“Tenho contra ti que toleras aquela mulher Jezabel, que se chama profetiza, e ela ensina e desencaminha os meus escravos para cometerem fornicação e para comerem coisas sacrificadas a ídolos”. ___ Apocalipse 2:20.


Podemos concluir que essas profecias chegaram ao seu fim – e o Cristianismo ou o Catolicismo e as demais Doutrinas (A Babilônia a Grande) chegue ao fim. Quem viver verá.


AMPLA GLOBALIZAÇÃO DE JESUS. O MUNDO DA VERDADE: O CÉU E A TERRA UNIDOS PARA SEMPRE.

O LUGAR DA DIVINA REVELAÇÃO

BRASIL, CORAÇÃO DO MUNDO, PÁTRIA DO CONSOLADOR PROMETIDO POR JESUS HÁ 2.000 ANOS.

A SIMBOLOGIA DA BANDEIRA DO ESTADO DE MINAS GERAIS

Um triângulo vermelho sobre a banda branca do pavilhão, representando o triângulo as Três Pessoas da Santíssima Trindade:

• O Divino Espírito Santo

• Jesus Cristo

• O Padre Eterno (Pe. Ananias)

E circundando o versículo de Virgílio: “LIBERTAS QUAE SERA TAMEM” (Liberdade Ainda Que Tardia).

NOTA: A frase “Libertas Quae Sera Tamem” foi criada por Tiradentes, na época da Inconfidência Mineira. O triângulo faz referência à Santíssima Trindade, da qual Tiradentes era devoto.

A libertação de toda a Humanidade ainda que tardia do jugo de Satanás.

O início de um novo “Céu” e de uma nova “Terra”.

A Regeneração do Planeta Terra – O Reino Prometido por Jesus Cristo – A Nova Era.

 


PROFECIAS APOCALÍPTICAS

OLIVEIRA (MG) – FILHA DE UMA PAIXÃO!

MONTE DAS OLIVEIRAS DO OCIDENTE – O MONTE SIÃO CELESTIAL

A CIDADE SANTA – A BUSCADA

A NOVA JERUSALÉM DA HUMANIDADE

“Abençoada sejas tu por Deus, Cidade Santa – Oliveira (MG), porque por ti muitas almas se salvarão e em ti muitos servos de Deus habitarão e em ti muitos serão eleitos no Reino da vida eterna. Paz a ti!” (São Francisco de Assis / Pe. Ananias).

“Eis aí está que o Senhor fez ouvir nas extremidades da Terra, dizei à filha de Sião: Eis aí vem o teu Salvador! Eis aí a sua recompensa com Ele, e a sua obra diante Dele.
E chamá-los-ão o povo santo os remidos pelo Senhor. Mas tu “Cidade Santa – Oliveira (MG)” serás chamada “A CIDADE BUSCADA”, e não a desamparada (Jerusalém). (Isaías Capítulo 62 – vv. 11 e 12).

Com efeito, nas Escrituras se lê:

“Eis que ponho em Sião (Oliveira - MG) uma pedra angular, escolhida e magnífica; quem nela confiar não será confundido.” (1ª Carta de São Pedro – Cap. 2, vv. 4 – 9).

“Quando virdes que a abominação da desolação, que foi predita pelo profeta Daniel, está no lugar santo – Oliveira–MG (que aquele que lê entenda bem o que lê). Porquanto a aflição desse tempo será tão grande, como ainda não houve igual desde o começo do mundo até o presente e como nunca mais haverá.

___ E se esses dias não fossem abreviados, nenhum homem se salvaria; mas esses dias serão abreviados em favor dos eleitos.” ___ JESUS (São Mateus, Cap. 24 – vv. 15 a 22)"

(http://scienceblogs.com.br/rnam/2009/08/o_fim_do_mundo_nao_sera_em_201.php)

 

Terminando 2010, essa previsão entrará no rol das fantasias como as anteriores.    Para conhecer diversas outras interpretações, veja também QUEM SERIA A BESTA DO APOCALIPSE? DE ONDE VEIO O NÚMERO 666?

 

 

Captei esse texto em 29/01/2010. 

 

Ver mais RELIGIÃO

 

..