DIREITOS HUMANOS, OU DIREITOS DIVINOS?
24/02/2010 

 

Você também é contra os direitos humanos? O que acha da crítica abaixo? Os religiosos detestam direitos humanos, porque querem o mundo submetido ao que eles pensam que é bom.

 

"PT decide apoiar o desumano plano de direitos humanos do governo

 O Partido dos Trabalhadores, em seu Congresso realizado de 18 a 20 de fev 2010, aprovou lamentavelmente o Programa Nacional de Direitos Humanos do governo, editado pelo Presidente Lula, por Decreto. Os delegados do PT entenderam que o partido deve manifestar "apoio incondicional ao programa" por considerar que ele é "fruto de intenso processo de participação social".

O Plano de Direitos Humanos do Governo é criticado fortemente pelos militares, pela Igreja Católica, pelos setores do agro-negócio, pela Imprensa, pelos Magistrados e outros segmentos da sociedade. A Igreja repudia a descriminalização do aborto, o casamento entre pessoas do mesmo sexo, e com adoção de crianças, a retirada dos símbolos religiosos de locais públicos, a revisão da lei da Anistia, a restrição à liberdade de Imprensa, etc. Dr. Ives Gandra Martins considerou o Programa “desumano”. É uma afronta a Deus e um desrespeito à Igreja e ao povo católico, maioria no país.

Então o PT, apóia o aborto, o casamento de homossexuais, a retirada dos símbolos religiosos, etc, e tem isso como “Programa de Governo”, algo que os demais Partidos não têm. O povo católico precisa saber disso. Precisamos defender a lei de Deus. Onde estão os Direitos de Deus? "Quem não está comigo, está contra Mim". “De Deus não se zomba” (Gl 6,7)

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u696294.shtml

 

Eu agora pergunto:

 

O que é o direito dos católicos? Cercear os direitos dos outros?  

Se os católicos consideram um pecado a união de dois homens ou duas mulheres, que não o façam. Mas negar o direito dos que não são católico?! Esse é um dos perigos da religião no poder: a intolerância e destruição da liberdade humana.

 

E as repartições públicas? São entidades destinadas a prestar serviços públicos, ou são locais de adoração cristã?  Local de adoração é o templo de cada igreja.  Se um prefeito colocasse uma suástica ou uma estátua de Adolf Hitler no púlpito do auditório da Prefeitura, o resto do país iria entender ser ele no mínimo um simpatizante do Nazismo.  Se ele colocasse um preto velho, um orixá, etc. o resto do país não iria gostar de ver um governante fazendo da repartição pública um local de manifestação umbandista,  algo impróprio para a repartição pública.  Todavia, católicos e outros cristãos querem ter o direito de transformação uma repartição pública em manifestação cristã e consideram um desrespeito o Governo destinar a repartição a seu exclusivo fim público.

 

“... os direitos de Deus?”!!!!!  Deus não é o todo-poderoso? Não se diz que “nada acontece sem a sua vontade?  Se “não há quem lhe possa deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes?” (Daniel, 4: 35), por que os religiosos tem que fazer guerras, praticar torturas e execuções contra o dissidentes, e não deixam que Deus o faça? Parece que, inconscientemente, os religiosos sabem que seus deuses nada fazem, e querem eliminar os que não creem como eles.  E assim, como sempre foi, a religião continua a ser a maior causa de guerra do planeta.

 

Se o mundo leigo descuidar, e a Igreja Católica voltar ao poder, não há dúvida de que ela retornará a praticar os horrores da Idade Média, assim como os muçulmanos são desumanos com seus povos onde têm o poder político, e qualquer religião que assumir um governo irá oprimir os não-religiosos. 

  

Precisamos, sim, dos direitos humanos, para que os religiosos não submetam o mundo a suas idéias. 

 

De Deus não se zomba?

 

Ver mais sobre os MALEFÍCIOS DA RELIGIÃO

 

..

.