VINHO FAZ BEM PARA O CORAÇÃO

 

17/12/2010 22h25 - Atualizado em 17/12/2010 22h36
Substância presente no vinho diminui risco de doenças do coração
Polifenóis são encontrados nas cascas e sementes das uvas. Entre eles, está o resveratrol, que protege a nossa saúde. Uma pesquisa observou que o vinho e o suco de uva melhoram a capacidade de a artéria se dilatar.


No Globo Repórter desta sexta-feira (17), você conhece as relações entre vinho e saúde e as revelações extraordinárias sobre as propriedades dessa bebida milenar.

Uva, água, vitaminas, taninos, sais minerais: uma espécie de ouro ou veludo que se derrama na taça, fonte de prazer e também de saúde. Cada gota carrega substâncias que há décadas são alvo de estudo dos cientistas.

Os polifenóis são elementos encontrados, principalmente, nas cascas e nas sementes das uvas e, claro, no vinho. Entre os polifenóis, está o resveratrol, uma substância poderosa que a videira produz para proteger as uvas do calor, da umidade e das doenças que atingem a plantação. Resveratrol protege também a nossa saúde.

E se esse elemento do vinho for capaz de combater as doenças do coração, as consequências dolorosas de um derrame e alguns tipos de câncer? E se for a fonte de juventude? Os cientistas já desvendaram muitos desses mistérios.

Fomos ao Instituto do Coração (InCor), em São Paulo, um dos mais importantes centros de cardiologia da América Latina. Nele, os pesquisadores analisaram os efeitos do vinho em coelhos. Eles receberam alimentos ricos em colesterol - a gordura ruim que entope as artérias.

Os coelhos foram divididos em três grupos. O primeiro recebeu só a comida. O segundo, a dieta gordurosa e mais uma porção diária de vinho tinto. O terceiro grupo recebeu a dieta e um vinho tinto fervido, para que o álcool fosse eliminado.

O pesquisador Protásio Lemos da Luz, chefe da equipe, queria saber se o vinho poderia proteger o coração da aterosclerose - o acúmulo de placas de gordura nas artérias que pode levar ao infarto.

Três meses depois, os coelhos que receberam somente a dieta sofreram uma intensa formação de placas de gordura. Os coelhos que tomaram vinho tiveram grande diminuição das placas. Já os que tomaram o suco de uva também tiveram redução, mas em uma escala menor.

O segundo passo da pesquisa foi com humanos. Adultos com colesterol alto tomaram 250 ml de vinho tinto, mais ou menos uma taça, por 15 dias e foram examinados. Depois, parte do mesmo grupo tomou apenas suco de uva.

“Nós observamos novamente que o vinho tinto e o suco de uva, que não contém álcool, melhoravam muito a reatividade vascular, quer dizer, a capacidade de a artéria se dilatar. Esse é um fenômeno fundamental para a nossa vida. As artérias precisam se dilatar para facilitar a circulação do sangue”, explica o doutor Protásio Lemos da Luz, do InCor.

Para conhecer mais sobre os efeitos do vinho sobre a saúde, nossa equipe viajou para três regiões: Mendoza, aos pés da Cordilheira dos Andes, na Argentina; Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, e o Vale do Rio São Francisco, no sertão de Pernambuco e da Bahia.

(Globo Reporter,Edição do dia 17/12/2010)

UMA TAÇA DE VINHO POR DIA

 

Ver mais SAÚDE

 

..

.